Stalking

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3223 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

A prática da perseguição existe a milhares de anos, às vezes motivado por ódio, outras vezes por amor, entre outros motivos, a perseguição esta presente na historia da humanidade.
Com o tempo essa pratica, ganhou nome e se tornou crime, sendo hoje conhecida como Stalking e será o tema desse trabalho acadêmico, onde mostraremos o que pode levar um individuo a ser tornar um stalker,e quais as conseqüências que a vitima pode sofrer.
Destacaremos ainda o perfil psicológico dos perseguidores, quais países já possuem legislação prevendo os stalking em seus códigos penais e quais o casos mais famosos deste crime

















O que é Stalking?
Na concepção ampla do termo, são caçadores que perseguem furtivamente o animal que pretendem caçar(Morais,1998).Atualmente, o stalking define-se como forma particular de violência relacional. Pode ser definido como um padrão de comportamento de assédio persistente, que se traduz em formas diversas de comunicação, contato, vigilância e monitorização de uma pessoa-alvo. Estes comportamentos podem consistir em ações rotineiras e aparentemente inofensivas (ex. oferecer presentes, telefonar frequentemente, deixarmensagens escritas) ou em ações inequivocamente intimidatórias (Ex. perseguição, mensagens ameaçadoras). Em outras palavras, podemos dizer que se trata de uma constelação de condutas, que podem ser muito diversificadas, mas envolvem sempre uma intrusão continua e repetida através da qual uma pessoa pretende se impor à outra, mediante contatos indesejados, gerando insegurança, constrangimento emedo na vitima. Para, além disso, prolongarem-se no tempo, estes comportamentos tendem a escalar em frequência e severidade, podendo mesmo associar-se a outras formas de violência, tais como as ameaças e agressões psicológicas, físicas e/ou sexuais.
O stalking ocorre com mais frequência no sexo feminino, embora este não configure um fenômeno de gênero, pois a vitima também pode ser do sexomasculino e, mais raramente, do mesmo sexo que o ofensor.
Podemos distinguir o stalking dos outros crimes por duas características:
1 - É um tipo de crime que acarretanuma constante vitimização,
Traduzindo-se na efetivação de uma série de ações, não se limitando
somente a um ato isolado.
2 – É também definido pelo impacto que causa na vítima.
Trata-se de um tipo de conduta criminal que écaracterizada por uma repetida
comunicação não consensual orientada para um alvo específico, podendo esta
comunicação ser verbal, não-verbal, escrita ou de outra natureza (ou uma
combinação de várias formas). O facto de esta perseguição se tornar ameaçadorapara a vítima, acaba por gerar nela um sentimento de medo
permanente.

Este tipo de perseguição pessoal causa medos, incertezas, e, em últimainstância, pode mesmo levar à destruição de vidas. É quase sempre uma característica de relacionamentos caracterizados por episódios de violência doméstica, passados ou atuais, mas existem também situações em que esta conduta ocorre sem que tenha existido qualquer relação intima entre o perpetrador e a vítima ou em que estes são completamente estranhos um ao outro.

Os psicólogos costumam englobar osindivíduos que praticam stalking em duas categorias: psicóticos e não-psicóticos. Muitos stalkers já têm distúrbios psicológicos, como transtorno delirante, transtorno esquizoafetivo ou esquizofrenia. A maior parte dos stalkers são não-psicóticos e podem exibir distúrbios ou neuroses tais como: depressão aguda, distúrbio adaptativo ou dependência de substâncias, tal como uma série de outrostranstornos de personalidade, anti-sociais, de fuga, dependência, narcisismo, ou paranoia. Alguns dos sintomas obsessivos fazem parte do transtorno de personalidade obsessiva compulsiva. Os stalkersnão-psicóticos podem perseguir a vítima por diversos motivos: fatores psicológicos, incluindo a raiva e hostilidade, projeção de culpa, obsessão, dependência, negação e inveja. Por outro lado, e o mais...
tracking img