Sped

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1649 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Falsos Balanços Patrimoniais

Balanço Patrimonial é a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, numa determinada data, a posição patrimonial e financeira da Entidade. No balanço patrimonial, as contas deverão ser classificadas segundo oselementos do patrimônio que registrem e agrupadas de modo a facilitar o conhecimento e a análise da situação financeira da empresa.
De acordo com o § 1º do artigo 176 da Lei 6.404/76, as demonstrações de cada exercício serão publicadas com a indicação dos valores correspondentes das demonstrações do exercício anterior, para fins de comparação. O novo Código Civil,que entrou em vigor no dia 11 de janeiro de 2003, através da Lei nº. 10.406/2002 trouxe várias mudanças para a sociedade brasileira. Especificamente em relação aos contadores, a principal mudança é a institucionalização da responsabilidade solidária, trazendo uma preocupação a mais para a classe contábil. Em função dessas mudanças, a parceria entre cliente e contador deve ser revista.Com a responsabilidade solidária, o contabilista assume, juntamente com o seu cliente, a responsabilidade por atos dolosos, perante terceiros Desta forma, balanços falsos/simulados implicam a responsabilidade do profissional da contabilidade junto com o administrador por dolo,isto em todas as situações possíveis, compreendendo, ações na justiça cível, relativamente ao direito societário/comercial, ambiental, trabalhista, previdenciário e fiscal e ações na justiça criminal, destacando em especial pela inobservância ao previsto no artigo 342 do Código Penal que trata do falso testemunho ou falsa perícia

Visão Capitalista

Com o capitalismo neoliberal emergiu um novoregime de acumulação a financeirização, ou capitalismo encabeçado pelo setor financeiro. O “capitalismo financeiro” antevisto por Rudolf Hilfeding, em que o capital bancário e o industrial se fundiram sob o controle do primeiro, não chegou a ocorrer, mas materializaram-se a globalização financeira a liberalização dos mercados financeiros e um grande aumento dos fluxos financeiros em torno do mundoe o capitalismo encabeçado pelo setor financeiro, ou capitalismo financeirizado. Suas três características centrais são: um enorme aumento do valor total dos ativos financeiros em circulação no mundo como consequência da multiplicação dos instrumentos financeiros facilitada pela securitização e pelos derivativos; a separação entre a economia real e economia financeira, com a criação descontroladade riqueza financeira, com a criação descontrolada de riqueza financeira fictícia em beneficio dos repentistas capitalistas e um grande aumento da taxa de lucro das instituições financeiras, sobretudo de sua capacidade de pagamento de grandes bonificações aos operadores financeiros por sua habilidade de aumentar as rendas capitalistas. Outra maneira de expressar a profunda mudança dos mercadosfinanceiros associada a financeiro regular,para se basear cada vez mais em títulos negociados por investidores financeiros(fundos de pensão,fundos de hedge,fundos mútuos)nos mercados de balcão.A adoção de “inovações financeiras” complexas e obscuras,combinada com um enorme aumento de credito sob a forma de títulos levou aquilo que Henri Bourguinat e Eric Brys chamaram “uma disfunção generalizada dogenoma dos derivativos, seis vezes maior.
A medida que tal mistura de inovações financeiras ocultava e ampliava o risco envolvido em cada inovação.Essa mistura,combinada com a especulação clássica,levou o preço dos ativos financeiros a aumentar,ampliando artificialmente a riqueza financeira ou o capital fictício,que se expandiu a uma taxa muito...
tracking img