Soros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1205 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Equilíbrio Hidroelectrolítico
Cadeira de Terapêutica Geral

Instituto de Terapêutica

Soluções para administração parentérica que visam a manutenção ou o restabelecimento do equilíbrio hidroelectrolítico
Instituto de Terapêutica

 Electrolíticas:
   


   

Cloreto de sódio Cloreto de potássio Gluconato de cálcio Sulfato de Mágnésio Fosfato PolielectrolíticasAcidificantes Alcalinizantes Especiais
Instituto de Terapêutica

 Hidratos

de Carbono :



  

Dextrose Glicose Frutose Levulose Açucares invertidos

 Mistas

Instituto de Terapêutica

 Biológicas:

 

Concentrado eritrocitário Plasma fresco congelado Sangue total

 Não

biológicas:
 

Gelatinas Dextrano 40%
Instituto de Terapêutica

Instituto de Terapêutica Cloreto de sódio: Isotónico 0,9% (SF)
308 mmol de Na por litro



   

Perda de sódio

   

Renal

Extrarrenal

Diuréticos Diurese osmótica Nefropatias perdedoras de sal Insuficiência suprarrenal (aldosterona)




Perdas insensíveis Perdas GI Queimaduras Sequestração Hemorragia

Hiperglicémia : Diurese osmótica com perda de H2O e sódio / perda de H2O do espaçointracelular (aumento de 100mg/dl baixa Na em 1,4 mmol/l)
Instituto de Terapêutica

Cloreto de sódio: Hipertónico 3%
513 mmol de Na por litro Ampolas de 20% - 10ml (34 mmol)





Perda de sódio

Correcção mais rápida da hiponatrémia Hiponatrémias graves com manifestações neurológicas (convulsões)
 

Risco de desmielinização do SNC (mielinose pôntica) Taxa de correcção 1 mmol/h e máximo de 12 mmol/l em 24h
Instituto de Terapêutica

Cloreto de sódio: Hipotónico 0,45%
154 mmol de Na por litro

Perda de sódio  Desidratação com hipernatrémia


Correcção lenta da hipernatrémia (volémia)  Risco de edema cerebral se correcção hipernatrémia muito rápida  Correcção em 48h, não mais do que 2 mmol /h

Instituto de Terapêutica

 

Insuficiência cardíacacongestiva Insuficiência renal crónica



Calculo do deficit de sódio:
(140-sódio actual) x [(0,6x peso kg)]
Instituto de Terapêutica



Cloreto de potássio
Ampolas de 10 mmol em 10 ml



  

Hipocaliémia


Renal
Diuréticos Fármacos Nefropatias perdedoras de potássio Bicarbonatúria

Extrarrenal
 



Perdas GI Sudorese Alcalose metabólica



Instituto deTerapêutica

Cloreto de potássio
Ampolas de 10 mmol em 10 ml



Hipocaliémia



Paralisia muscular e arritmias ventriculares



    

20 mmol KCl aumentam potássio sérico em 0,25 mmol/l Dose máxima: 20 mmol/h (veia periférica) Dose máxima diária 150 mmol Diluição máxima 80 mmol/l Monitorização cardíaca Nunca administrar puro

Instituto de Terapêutica

Gluconato deCálcio
Ampolas de 10ml (100mg/ml)

Cálcio sérico :
45% ligado à albumina vs 40% ionizado  Cálcio sérico total 8.5-10.5 mg/dl  Cálcio ionizado 4.65-5.25 mg/dl Regulado por 3 eixos principais: 1. Hipoalbuminémia 2. Equilibrio ácido-base 3. Regulação hormonal – PTH e 1,25 dihidroxivitaminaD

Instituto de Terapêutica

Gluconato de Cálcio
Ampolas de 10ml (100mg/ml)

Hipocalcémia
Hipoparatiroidismo – Cirúrgico, autoimune, outras
PTH normal ou hiperparatiroidismo – hiperfosfatémia, metástases ósseas, pancreatite, sepsis, cirúrgia Alterações do metabolismo do magnésio – hipomagnesémia Fármacos – quelantes do cálcio, cinacalcet, foscarnet







Instituto de Terapêutica

Gluconato de Cálcio
Ampolas de 10ml (100mg/ml)

Hipocalcémia: Sintomas


Cardíacos –bradicardia, hipotensão, diminuição da contractilidade cardíaca, aumento do intervalo QT Musculares – tetania, sinal de Chvostek, sinal de Trousseau Neurológicas – parestesias, convulsões, edema da papila





Instituto de Terapêutica

Gluconato de Cálcio
Ampolas de 10ml (100mg/ml)

Hipocalcémia:Tratamento


Tratar se manifestações clinicas, electrocardiográficas ou se assintomático...
tracking img