Sociedades e sistemas economicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1259 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O Livro

O livro A grande transformação analisa a formação da economia capitalista de mercado. Desvenda os processos através dos quais o mercado separou-se das demais instituições sociais, até se tornar uma esfera autônoma, “auto-regulável”, que pretende dominar o resto da sociedade pela transformação do trabalho, da terra e do dinheiro em mercadoria. Polanyi baseia as suas conclusões em umestudo da Inglaterra na época da Revolução Industrial, contrastando-a com sociedades “primitivas” e “arcaicas”, em uma análise comparativa que enfatiza o caráter singular e destrutivo da moderna economia de mercado.

O autor

Karl Polanyi nasceu em Viena, a 21 de outubro de 1886, de pais húngaros. Estudou nas universidades de Budapeste e Viena, formando-se em filosofia e em direito.Começou apraticar nos tribunais de Budapeste em 1912, mas, com a eclosão da Primeira Guerra Mundial, foi servir como capitão no exército austro-húngara. Terminando o conflito, estabeleceu-se em Viena, onde logo se tornou conhecido como escritor e jornalista. De 1924 até 1933 fez parte do corpo editorial do Oesterreichische Volkswirt, o mais importante seminário financeiro de Viena, onde escrevia sobreassuntos ligados à economia e à política internacional.
Com a ascensão do fascismo, Polanyi teve de demitir-se do jornal, e, em 1933, emigrou com sua família para Londres. Tornou-se cidadão britânico e lecionou em cursos de extensão oferecidos pelas universidades de Oxford e de Londres a alunos pertencentes á classe operária. Durante esse período viajou freqüentemente para os Estados Unidos, fazendopesquisas e dando conferências, até que foi convidado, em 1947, a ensinar História Econômica Geral na Universidade de Colúmbia. Lá permaneceu até 1953, quando se aposentou. A aposentadoria, entretanto, não o levou a abdicar das suas atividades de pesquisa, desenvolvidas com entusiasmo até quase o momento de sua morte, em 23 de abril de 1964, numa casa de campo nos arredores de Toronto, Canadá.Capítulo 4
Sociedades e sistemas econômicos

Segundo Karl Polanyi no 4º capítulo de sua obra intitulado por Sociedades e sistema econômicos, anteriormente a nossa época nenhuma economia controlada por mercado existiu, o ganho e o lucro feitos nas trocas jamais desempenharam um papel importante na economia humana. Embora a instituição do mercado fosse bastante comum desde a Idade da Pedra, seupapel era segundo o autor incidental na vida econômica.
O autor discorda de Adam Smith que afirma que a divisão do trabalho na sociedade dependia da existência de mercados, para Polanyi a divisão é um fenômeno antigo e origina-se de diferenças inerentes a fatos como sexo, geografia e capacidade individual.
Karl Polanyi afirma que alguns historiadores econômicos da geração de Smith não ligavam ahistória econômica a antropologia social cometendo assim um erro por considerarem o homem primitivo inclinado ao lucro. Os sucessores de Adam Smith discordam do fato do homem primitivo se inclinar ao lucro e por isso cometem outro erro, pois deixam de estudar a economia primitiva.
Segundo o autor as diferenças que existem entre povos “civilizados” e “não-civilizados foram demasiado exageradas,principalmente na esfera econômica. Max Weber foi o primeiro entre os historiadores da economia moderna a protestar contra o fato de se deixar de lado às economias primitivas como irrelevantes para a questão das motivações e mecanismos das sociedades civilizadas”.
A descoberta mais importante nas recentes pesquisas históricas e antropológicas é que a economia do homem, como regra está submersa emsuas relações sociais. É natural que as motivações não econômicas sejam muito diferentes numa pequena comunidade de caçadores ou pescadores e numa ampla sociedade despótica.
Polanyi diz que existem dois princípios de comportamento não associados basicamente à economia, que garantem a ordem na produção e na distribuição a reciprocidade e a redistribuição. Analisando uma comunidade da Malanésia...
tracking img