Sociedade e cultura inglesa ii

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1448 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Robert Owen – Quimera da Modernidade?

Embora se possa dizer que a Revolução Industrial Inglesa acontece como sequência natural da Revolução Científica, muitos outros factores contribuíram para o desencadear das vertiginosas mudanças que, entre 1760 e 1850, se constatam em Inglaterra.
Uma política externa dirigida para a conquista marítima, faz com que a Inglaterra possua o maior podernaval do mundo. As ilhas Britânicas dominam novos mercados, beneficiam de novas matérias-primas e de novos produtos. Este contacto privilegiado com outras culturas, “obriga” os pensadores a questionarem-se sobre a multiplicidade social.
A Inglaterra possui um sistema financeiro que, embora não seja especializado, está já dotado de inúmeras actividades diferenciadas. O domestic system,combinação entre a produção de tecidos e a actividade agrícola que se verifica no meio rural, evidencia um caminho percorrido no encalço do sistema capitalista. É, no entanto, o crescimento anormal da população, uma das grandes causas apontadas como determinante no processo da Revolução Industrial.
A Revolução Agrária também não pode ser ignorada, uma vez que promove a substituição dos métodostradicionais por novos processos agrícolas. O enclosure leva ao desaparecimento do pequeno proprietário rural e ao aparecimento de uma classe de trabalhadores sem terra, que pode estar por detrás da primeira onda de trabalhadores nas zonas industrializadas. Como se produz mais do que o necessário para a população local, procura-se o escoamento dos produtos através da sua distribuição por novosmercados nacionais e estrangeiros. Com o aumento da produção desenvolvem-se os transportes e as comunicações. A construção de novas estradas, promove também o desenvolvimento dos veículos que aí transitam. É incrementado o transporte por via fluvial que complementa o já feito no litoral. Surge e expande-se o caminho-de-ferro.
Ao mesmo tempo que o princípio do laissez faire (iniciativa individual) sepropaga, verifica-se uma maior tolerância perante as liberdades civis (não confundir com liberdades políticas) e começa a ser vista a especialização, como necessária para o aperfeiçoamento do indivíduo.
Não se pode esquecer a religião nem a sua importância neste processo, designadamente através da ética protestante e da sua visão de disciplina, de austeridade, de poupança e de propensão parao trabalho. Embora o movimento religioso de John Wesley se manifeste no início do século XVIII, o Metodismo como igreja, aparece apenas nas últimas décadas. O movimento metodista procura renovar a fé conferindo importância ao indivíduo na sua relação com Deus, dentro de uma vida de ética moral e cristã. Orientado para a população mais desfavorecida, inflige a essas comunidades doutrinas deobediência (às classes predominantes) e como moeda de troca para a salvação da alma, a abdicação do desejo a uma vida melhor.
Christopher Wyvill tem um papel importante no aparecimento dos movimentos associativos que discutem a autoridade do Parlamento e defendem ideias e princípios radicais como, por exemplo, o voto secreto.
Surge o utilitarismo benthamita cujo princípio geral se baseia naideia da utilidade ou seja, em dar o máximo prazer ao maior número de pessoas possível. O espírito utilitarista e racionalista (aplicação do método científico à moral e à política) de Bentham, continuam a fazer-se sentir durante as primeiras décadas no século XIX.
A partir de meados dos anos oitenta vive-se numa florescente e revitalizada económica, com o Império inglês a dinamizar oenriquecimento das Ilhas Britânicas e a contribuir para o aparecimento de formas exóticas de cultura que se iriam reflectir também na literatura inglesa.
Campanhas em prole do fim da escravatura demonstram uma nova visão em relação aos povos do império, enquanto internamente, uma nova atitude social leva a reformas humanitárias, à expansão da catequese, ao aparecimento de associações de solidariedade...
tracking img