Sistema de freios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1119 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO
CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA
DISCIPLINA: FÍSICA BÁSICA
PROFESSORA: LETICIA MARIA DE OLIVEIRA

‘SISTEMA DE FREIOS’

ALUNO: EDINAIZIO MACHADO ROCHA
TURMA: M1
DATA: 16/07/12

JUAZEIRO - BAHIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO
CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA

SISTEMA DE FREIOS
INTRODUÇÃO HISTÓRICA
A roda foi criada segundoestudos arqueológicos não confirmados em torno dos
anos 3000 AC pela civilização suméria. Outros povos como: romanos, mesopotâmios,
assírios e egípcios, também foram grandes percursores desse equipamento. Esse
invento fez uma imensa revolução na sociedade, pois, facilitou o transporte de cargas
e pessoas, proporcionando assim o transporte de mercadorias, aquecendo assim a
economia.
Contudojunto com a roda veio à necessidade de interromper seu movimento,
foi a partir daí que surgiram os primeiros freios. Que a princípio eram rústicos e foram
criados com a finalidade de auxiliar o homem nos processos de interrupção de
movimento dos carros primitivos, carroças e muitos outros, chegando até os nossos
veículos atuais, além, é claro, para se evitar que algum veículo se deslocasse quandoestacionados em várias situações de piso.
Agora iremos analisar os freios dos automóveis atuais do ponto de vista mais
detalhado e científico e de um mecânico.
FREIOS AUTOMOTIVOS DOPONTO DE VISTA DE UM MECÂNICO
Foi pedido ao senhor Carlos Ferreira mecânico de carros na cidade de
Presidente Dutra – BA que explicasse sobre o funcionamento do sistema de freio dos
automóveis.

Ele explicouque o sistema está formado por um ‘burrinho’ mestre que possui
um circuito duplo que fornece maior seguridade ao sistema. Entre o ‘burrinho’ e o
pedal está o hidro vácuo que tem a função de aliviar o pedal do freio para que o
motorista possa frear com facilidade e sem muito esforço.
Nas rodas dianteiras há freio a disco e nas traseiras a tambor. Explicou que os
discos são ventilados e nosmesmos se encontram os pistões que possui as pinças de
freio que é deslizante. No interior da pinça estão duas pastilhas de freio uma para cada
lado. Quando o burrinho fornece pressão sob o líquido esse desloca se empurrando as
pastilhas de freio para que pressione o disco, fazendo com que o carro pare. Quanto
ao freio a tambor o mecânico não explicou com detalhes, só referiu como similar aofreio a disco.
Como se percebe o mecânico deu uma explicação superficial e às vezes
utilizando termos informais como “burrinho”. Leis físicas que permitem a frenagem
não foram citadas pelo mesmo em nenhum momento.
FREIOS AUTOMOTIVOS DE UM PONTO DE VISTA CIENTÍFICO
Os Freios, ao atuarem, controlam o movimento por meio da transformação da
energia cinética do veículo, ou seja, a energia do veículodevido ao movimento, em
energia térmica, que é dissipada na forma de calor.
Todo veículo em movimento possui uma inércia determinada pela 1.a lei de
Newton. Se esse veículo sofre uma desaceleração brusca, ou seja, efetua-se uma
frenagem de emergência, a inércia será proporcionalmente maior, segundo a massa do
veículo, ou a desaceleração imposta ao mesmo. Isso logicamente explica a influênciado peso transportado pelo veículo sobre os freios.
Freios a disco e a tambor
Os freios a disco e a tambor são os utilizados hoje nos veículos, esses dois
possuem um mecanismo que permite a transformação de energia cinética em energia
térmica, através do atrito induzido, hidraulicamente aos pares de contato Pastilha X
Disco, ou Lona X Tambor.

A força que precisaria ser empregada no pedalpara que o carro parasse seria
muitas vezes maior do que a que dispomos. Para resolver esse problema foi aplicado
um principio físico, que é o de multiplicação hidráulica, usado para multiplicar a força
obtida no pedal no qual a pessoa aplicou. Esse princípio é baseado na lei de Pascal que
diz: “os acréscimos de pressão sofridos por um corpo de um líquido são transmitidos
integralmente a...
tracking img