Sistema anchieta imigrantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1611 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
O Sistema Anchieta - Imigrantes (SAI) é a principal ligação entre a região metropolitana de São Paulo e o Porto de Santos – o maior da América Latina –, o Pólo Petroquímico de Cubatão, as indústrias do ABCD e a Baixada Santista.
O Sistema Anchieta Imigrantes é formado pelas seguintes Rodovias:

Neste trabalho será apresentada a espacialização atual das principais indústrias aolongo dessas duas rodovias, fazendo a análise através de uma das categorias geográficas que, neste caso, será a categoria “redes”.
As redes geográficas adquirem importância cada vez maior no contexto atual. Castells define a rede como “um conjunto de nós interconectados e nó é o ponto no qual uma curva se entrecorta”. Os nós das redes podem ser representados por vários elementos do espaço como,por exemplo, centros urbanos, bolsas de valores, sistemas de televisão, etc. As redes são o meio através do qual se desenvolvem e se manifestam os diferentes tipos de fluxos, conforme o tipo de rede e de seus nós. A rede urbana é uma forma simples de compreender a organização em redes. Há uma interligação entre esses nós da rede urbana, entre os quais se estabelecem fluxos de mercadorias, pessoas,serviços, entre outros, como é o caso do SAI. Isto é possível graças ao desenvolvimento tecnológico, como nos transportes, comunicações e transmissão de energia.

“É então que as cidades se convertem
em nós de uma trama. Diante de um
espaço transformado numa grande rede
de nodosidade, a cidade vira um ponto
fundamental da tarefa do espaço de
integrar lugares cada vez mais articulados
emrede.”

Ruy Moreira.

Histórico Sistema Anchieta Imigrantes
O Sistema Anchieta imigrantes(SAI) se constitui na maior rota terrestre de fluxos de mercadorias entre a região metropolitana de São Paulo e o porto de Santos, o pólo petroquímico de Cubatão e as industrias do ABC paulista.
E é formado pelas rodovias: Anchieta (SP-150); Imigrantes (SP-160); Cônego Domênico Rangoni (SP-248)e a padre Manoel da Nóbrega (SP-55)

Rodovia Anchieta
É uma das vias de maior movimentação de pessoas e de mercadorias de todo o Brasil, bem como a Rodovia dos Imigrantes, que constitui o mesmo sistema da Via Anchieta, o Sistema Anchieta - Imigrantes. A rodovia é o maior corredor de exportação da América Latina.
Essa rodovia foi autorizada em lei em 4 de janeiro de 1929pelo presidente de São Paulo Júlio Prestes, foi iniciada em 1939 pelo interventor Adhemar Pereira de Barros e por ele concluída, quando governador do estado, em 1949.
Inaugurada em 1947 e a pista sul em 1953, a rodovia foi considerada uma obra-prima da engenharia brasileira da época, dada a arrojada transposição da Serra do Mar por meio de sistemas funiculares.
Rodovia ImigrantesÉ a principal via de acesso da cidade de São Paulo à Baixada Santista e ao litoral sul paulista, e possui um tráfego intenso de veículos, sobretudo durante o verão e em feriados.
A Rodovia dos Imigrantes faz parte de um complexo de estradas denominado Sistema Anchieta - Imigrantes, dos quais fazem parte também as seguintes rodovias: Anchieta, Padre Manoel da Nóbrega e CônegoDomênico Rangoni.
Em 23 de janeiro de 1974 foi lançada a pedra fundamental da rodovia que seria inaugurada em 1976, considerada então um projeto revolucionário: a pista é composta predominantemente de viadutos e túneis atravessando a Serra do Mar. Esta deveria ser apenas a pista ascendente (litoral-São Paulo) das duas pistas previstas para a Imigrantes, mas era revertida para a direção em que otráfego fosse mais intenso, mesmo porque a construção da segunda pista não se concretizou por anos.
Histórico da industrialização ao longo do Sistema Anchieta Imigrantes
A concentração de indústrias ao longo do sistema Anchieta - Imigrantes se deu devido necessidade das indústrias de uma infra-estrutura que permita escoar a sua produção facilmente, permitindo que as mercadorias...
tracking img