Sintese da aspirina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1817 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Andressa Azevedo Nascimento – 709909
Carolina Ribeiro de Souza – 708067
Pâmela da Silva Orati - 709831
1ºC – Ciclo Básico de Engenharia

QUÍMICA EXPERIMENTAL I
Síntese da Aspirina

FACULDADE FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ
Profº Lorenzo De Micheli
1. RESUMO
Este experimento teve como objetivo a obtenção da aspirina conhecida como ácido acetilsalicílico é um fármaco do grupo dosanti-inflamatórios não esteroides (AINE), utilizado como anti-inflamatório, antipirético, analgésico e também como antiplaquetar, a partir do ácido salicílico mediante o processo com anidrido acético, utilizando-se o ácido sulfúrico como catalisador. O processo foi feito por aquecimento (banho-maria) e o resfriamento no balcão. Foi possível ver a cristalização e a filtração.

2. INTRODUÇÃO
O ácidoacetilsalicílico (em latim acidum acetylsalicylicum) é um fármaco do grupo dos anti-inflamatórios não esteroides (AINE), utilizado como anti-inflamatório, antipirético, analgésico e também como antiplaquetar. É, em estado puro, um pó de cristalino branco ou cristais incolores, pouco solúvel na água, facilmente solúvel no álcool e solúvel no éter. Um dos medicamentos mais famosos à base de ácidoacetilsalicílico é a Aspirina. O seu nome foi obtido da seguinte maneira: A vem de acetil; Spir se refere a Spiraea ulmaria (planta que fornece o ácido salicílico); e o in era um sufixo utilizado na época, formando o nome Aspirin, que depois foi aportuguesado para Aspirina. Em alguns países, Aspirina é ainda nome comercial registrado, propriedade dos laboratórios farmacêuticos da Bayer para o composto ácidoacetilsalicílico. O processo de síntese consiste em tratar o ácido salicílico com anidrido acético, em presença de um pouco de ácido sulfúrico, que atua como catalisador. Técnicas como filtração a vácuo e recristalização podem ser empregadas.

3. MATERIAIS

* Erlenmeyer de 50mL
* Filtro de papel
* Ácido Salicílico
* Ácido Fosfórico
* Anidrido Acético
* Espatula* Balança
* Conta gotas
* Pipeta
* Funil de Buchner
* Trompa D’água
* Kitassato

4. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL
Deve-se tarar a balança e pesar em um filtro de papel cerca de 2,0g de ácido salicílico e transferi-lo para o erlenmeyer. Depois, deve-se acrescentar 5mL de anidrido acético com o auxilio de uma pipeta e 5 gotas de ácido fosfórico 85%.
Com o auxilio de umagarra universal, deve-se levar o erlenmeyer com a solução para ser aquecida em banho maria por 15 minutos, agitando-a constantemente. Em seguida, deve-se adicionar 2mL de água destilada e agitar até que não seja mais possível perceber a emanação de vapores de ácido acético. Depois de retirar a solução do banho maria, deve-se adicionar 20mL de água destilada e deixar em repouso até que seja formadocristais de aspirina.
Deve-se colocar um filtro de papel no funil de buchner e molha-lo com água destilada até que apareçam todos os furos. A filtração deve ser feita pelo processo de sucção, utilizando a trompa D’ água e o kitassato. Deve-se colocar os cristais formados no funil e desconectar a mangueira de vácuo, jogando pequenas quantidades de água destilada. Deve-se reconectar a mangueira devácuo até que seque ao máximo os cristais.
Deve-se pesar um filtro de papel e colocar os cristais no mesmo, e deixe secar ao ar. Depois de bem seco, deve-se pesar a massa dos cristais.

5. RESULTADOS E DISCUSSÕES
Ao efetuar-se a reação entre o ácido salicílico e o anidrido acético, observa-se a formação de ácido acetilsalicílico e ácido acético. Ao adicionar-se 5 mL de anidrido acéticoao ácido salicílico formou-se um precipitado branco. Quando em banho-maria o precipitado branco continua, mas agora, mais intenso. À medida que vai aquecendo, começa-se a sentir um cheiro a vinagre. É observado que precipitado começa a dissolver e a sair vapor. Foi mantida a temperatura até que a reação cessou.
Ao adicionar-se uma pequena quantidade de água é liberado vapor de ácido acético....
tracking img