Sindicatos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2444 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO ESTUDOS SUPERIORES DE ITAITUBA LTDA
FACULDADE DE ITAITUBA – FAI
CURSO DE LICENCIATURA PEDAGOGIA I

SOCIOLOGIA GERAL
SINDICATOS

Acadêmicas
ALDILEUZA SILVA DOS SANTOS
POLIANE MARINHO SOUSA
MARIA LUIZA AMARAL

ITAITUBA – PA
2013
Introdução

Os primeiros sindicatos (trade unions) surgiram na Inglaterra, em 1838, influenciada pelas Revoluções Liberais e pelas idéias socialistas(ver Socialismo), mas o direito sindical só é reconhecido por lei em 1871. Em 1868, os sindicatos agrupam-se no Trade Union Congress (TUC) – uma associação nacional de trabalhadores. No início do século XX, os grandes sindicatos criam o Partido Trabalhista para pressionar o parlamento britânico na defesa de seus interesses. O Partido vincula-se ao Trade Union, situação que permanece até hoje.
Ossindicatos têm como objetivo principal a defesa dos interesses econômicos, profissionais, sociais e políticos dos seus associados. São também dedicados aos estudos da área onde atuam e realizam atividades (palestras, reuniões, cursos) voltadas para o aperfeiçoamento profissional dos associados. 

Desde a divisão da sociedade em classes, após a superação da comuna primitiva, a história dassociedades é marcada pela luta entre explorados e exploradores. Isto ocorreu no sistema escravista, no modo de produção asiático, no feudalismo e ocorre até hoje no capitalismo. É nesse último sistema econômico, entretanto, que a luta de classes atinge a sua plenitude. O Sindicato, objeto de nosso estudo, é um fenômeno típico desse sistema. Ele só surge no modo de produção capitalista. A palavra surgedo francês - syndic - que significa “representante de uma determinada comunidade”. Com a queda do feudalismo na Europa, num longo processo iniciado a partir do século 17, a sociedade se divide claramente em duas classes. De um lado, a BURGUESIA, dona dos meios de produção - instalações, máquinas, matérias primas etc. O termo burguesia deriva de burgos, que eram as pequenas localidades nosarredores dos feudos, onde viviam os comerciantes e os artífices - os germes dos futuros industriais. Do outro, o PROLETARIADO, desprovido de tudo, obrigado a vender a sua força de trabalho aos capitalistas. A expressão proletariado vem do latim da antiga Roma e designa os cidadãos que viviam à beira da miséria e que tinham uma prole numerosa.
Lênin, dirigente da revolução russa de 1917, sintetiza demaneira simples as características desse sistema. “Denomina-se capitalismo a organização da sociedade em que a terra, as fábricas, os instrumentos de produção etc., pertencem a um pequeno número de latifundiários e capitalistas, enquanto a massa do povo não possui nenhuma ou quase nenhuma propriedade e deve, por isso, alugar sua força de trabalho. Os latifundiários e industriais contratam osoperários, obrigando-os a produzir tais ou quais artigos que eles vendem no mercado. Os patrões pagam aos operários exclusivamente o salário indispensável para que estes e suas famílias mal possam sub-existir. Tudo o que o operário produz acima dessa quantidade de produtos necessária a sua manutenção, o patrão embolsa isso: isso constitui o seu lucro. Portanto, na economia capitalista, a massa do povotrabalha para os outros, não trabalha para si, mas para os patrões, e o faz por um salário. Compreende-se que os patrões tratem de reduzir o salário, quanto menos aos operários, mais lucro lhes sobra. Em compensação, os operários tratam de receber o maior salário possível para poder sustentar sua família com uma alimentação abundante e sadia, viver numa boa casa e não se vestir como mendigos.Portanto, entre patrões e operários há uma constante luta pelo salário”.
É dessa luta cotidiana, inerente ao capitalismo, que surgem as primeiras formas de organização dos trabalhadores. Elas nascem como resultado do esforço espontâneo dos operários para impedir ou atenuar a exploração. Não aparecem por inspiração de “subversivos”, como a burguesia propaga, mas sim por uma necessidade natural dos...
tracking img