Senso comum / sociedade / cultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (987 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
Curso de Direito2013.1

SENSO COMUM, SOCIEDADE E CULTURA
Débora RodriguesRio De Janeiro
15/04/2013

O Que é Senso Comum?
Em nossa conversa diária com as pessoas surge uma série de opiniões sobre os mais variadosassuntos. Na maioria das vezes, essas opiniões informais, que ouvimos ou emitimos, refletem conhecimentos vagos, superficiais, ou ingênuos a respeito do que abordamos. Isto é, conhecimentos poucosprofundos, adquiridos ocasionalmente no cotidiano, sem uma procura séria e reflexiva por parte das pessoas. O senso comum, enquanto princípio de sociabilidade constitui o acordo mínimo exigível para quequalquer sociedade funcione como tal; ele assegura a coesão indispensável para que se possa falar de comunidade e de vida coletiva.Ele é princípio de equilibrio, essencial a toda a sociedade, entre adimensão do indivíduo e a dimensão do coletivo ou dito de outra forma, da sujeição do indivíduo às normas da vida coletiva, o que é bem óbvio.O senso comum é também o senso tradicional. Costumamos dizer:"sempre foi assim" para justificar um procedimento que nos criticam.
Podemos dizer que faz parte do senso comum uma infinidade de “frases feitas’’, repetidas irrefletidamente, no cotidiano, sem saber osseus significados reais; exemplo: “Homem que é home não chora; Querer é poder; Filho de peixe, peixinho é; Deus é a única esperança’’ e etc. Esse tipo de conhecimento mediano, compartilhado pelamaioria das pessoas, constitui o chamado Senso Comum. Para concluir, o que vem a ser senso comum, é um vasto arsenal de fatos, experiências, observações, aprendizados que acumulamos durante a nossa...
tracking img