Sdadad

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5536 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DEFINIÇÃO DE PPRA

PPRA é a sigla de Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. Este programa é regulamentado pela Norma Regulamentadora 9 (NR- 9) da Portaria 3.214/78. Seu objetivo é estabelecer uma metodologia de ação que garanta a preservação da saúde e integridade dos trabalhadores frente aos riscos dos ambientes de trabalho. Dentre os riscos ambientais citamos os agentes físicos,químicos e biológicos, variáveis quanto a natureza, concentração ou intensidade e tempo de exposição.

CONSIDERAÇÕES GERAIS

O PPRA é obrigatório em todas as empresas, inclusive intituições de ensino, independente do número de empregados ou do grau de risco de suas atividades e deve estar articulado com o Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional, pois a partir daí pode-serelacionar a doença às condições de trabalho. O PPRA objetiva preservar a saúde e integridade dos trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e controle da ocorrência de riscos ambientais no ambiente de trabalho, como forma de proteção do meio ambiente, dos recursos naturais.
Doença do trabalho é aquela adquirida ou desencadeada em função das condições especiais em que otrabalho é realizado e com ele se relacione diretamente. Essas doenças devem estar na relação elaborada pelo Ministério do trabalho e Emprego e da Previdência Social.
Não são consideradas doenças do trabalho as doenças degenerativas, as doenças inerentes à faixa etária, as doenças que não produzem incapacidade laborativa e as doenças endêmicas adquiridas por habitantes da região onde ela sedesenvolva, desde que seja comprovado a relação da exposição ou contato direto determinado pela natureza do trabalho.

ESTRUTURA MÍNIMA DE UM PPRA

Segundo a NR-9, um PPRA deve apresentar a estrutura mínima a seguir:

planejamento anual constando metas, prioridade e cronograma;
estratégia e metodologia de ação;
forma de registro, manutenção e divulgação dos dados;
periodicidade e forma deavaliação do desenvolvimento do PPRA.

Deve haver na instituição um documento-base contendo todos os aspectos da estrutura mínima para um PPRA. Este documento deve ser apresentado e discutida na CIPA (se houver), sendo anexado cópia em livro ata. Este documento deve estar acessível às autoridades competentes para fiscalização. O PPRA deve ser analisado globalmente pelo menos uma vez ao anopara avaliar seu desenvolvimento e para os ajustes necessários e estabelecimento de novas metas e prioridades.
EXEMPLOS DE RISCOS AMBIENTAIS

Os riscos ambientais incluem os agentes físicos, químicos e biológicos existentes nos ambientes de trabalho e que podem causar danos à saúde do trabalhador na dependência de sua natureza, intensidade, concentração, freqüência e tempo de exposição.São exemplos:

agentes físicos: ruído, vibrações, pressões anormais, temperaturas extremas (frio ou calor), radiações ionizantes e não ionizantes, umidade;

agentes químicos: poeiras, fumos, névoas, neblinas, gases, vapores, substância sou compostos ou produtos químicos em geral, absorvidos por via respiratória, pela pele ou pelo trato gastrointestinal (ingestão) com ação nociva;

agentesbiológicos: bactérias, fungos, parasitas, protozoários, vírus e outros microrganismos com ação patogênica;
Podemos ainda exemplificar a presença de risco de acidentes no ambiente de trabalho por:
ergonômicos: movimentos repetitivos, postura inadequada etc;
máquinas e equipamentos sem proteção;
eletricidade;
probabilidade de incêndio ou explosão;
armazenamento de produtos de forma inadequada, comoagentes tóxicos ou resíduos químicos;
presença de animais peçonhentos.

Proteção contra Riscos Químicos

Risco Químico:

É o perigo a que um trabalhador está exposto ao manipular químicos que podem causar-lhe danos físicos e/ou à saúde.
Os danos físicos relacionados à exposição química incluem, desde irritação na pele e olhos, passando por queimaduras leves, indo até...
tracking img