Saussure e jakobson

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (281 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pelo que vimos, não tem como negar que Saussure seja de fato o pai da Linguística. É impressionante como ele introduz o assunto, principalmente se considerarmos quetudo o que ele disse foi numa época em que a Linguística ainda não era tida como uma ciência, por isso não havia métodos para comprovar que suas ideias eram corretas. E éfácil de notar que o que ele fez foi dar pistas para que estudiosos contemporâneos a ele pudessem deslanchar os estudos linguísticos e atingir as proporções que têm nosdias de hoje. Além do mais, a língua sempre despertou o interesse de muitos estudiosos, dada a sua complexidade e a sua evolução através dos tempos. Saussure apenas lançouum desafio.
O signo linguístico para Saussure é a união do conceito com a imagem acústica. A ideia é a representação mental de um objeto ou da realidade social em quenos situamos, representação essa condicionada pela formação sociocultural que nos cerca desde o berço. Não há significado sem significante. Exemplificando, quando alguémrecebe a impressão psíquica transmitida pela imagem acústica (ou significante) graças à qual se manifesta fonicamente o signo copo, essa imagem acústica, de imediato,evoca-lhe psiquicamente a ideia de recipiente utilizado para beber algo. Já a Semiologia é a teoria geral dos signos, em que consistem e as leis que os regem. Portanto,difere da Linguística por um alcance maior: a Linguística não é senão uma parte dessa ciência geral. Enquanto a Linguística limita-se ao estudo científico da linguagemhumana, a Semiologia preocupa-se não apenas com essa linguagem, mas também com a dos animais e de todo e qualquer sistema de comunicação, seja natural ou convencional.
tracking img