Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1667 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO

2 DESENVOLVIMENTO
2.2 o uso do crack .......................................................................................................
2.3 representação social...............................................................................................
2.4.o crack e o assistentesocial..................................................................................
2.5. urbanização x população......................................................................................
2.6 o crack e a familia.................................................................................................

3. CONCLUSÃO..........................................................................................................
4.REFERNCIAS........................................................................................................





































INTRODUÇÃO
Descoberta na década dos anos 70 o crack hoje é uma epidemia em todo o país.
Essa gravidade do crescimento da comercialização do crack foi umas das principais Campanhas do ministério da saúde.Onde o crack traz sérios riscos na saúde do dependente químico nela são: intoxicação Pelo metal, pulmões onde a evidências do que o crack causa problemas respiratórios agudos, incluindo tosse, falta de ar e dores fortes no peito, e no coração a liberação da Dopamina faz ele ficar mais agitado que leva o aumento da presença de adrenalina no organismo, e o aumento da frequência cardíaca eda pressão arterial, e nos ossos e músculos leva a degeneração irreversível dos músculos esqueléticos, chamada rabdomeólise.






































DESENVOLVIMENTO

2.2-O USO DO CRACK?

Na década de 70 começa-se a misturar a cocaína com outros produtos, pois ela era uma droga cara, considerada uma droga somente para ricos,esse foi o principal motivo para criar uma droga mais barata e acessível a todas as classes. Nos anos 80 o crack se tornou muito popular, principalmente entre as pessoas mais pobres.
O crack é feito a partir da mistura da cocaína com bicarbonato de sódio, e é geralmente fumada. É uma forma impura da cocaína.
O crack em inglês significa quebrar, e tem esse nome devidoao som que faz quando aquecida.
A fumaça produzida chega rapidamente ao sistema nervoso central, em cerca de dez segundos, e seu efeito dura em média de três a dez minutos, causando uma intensa euforia e em seguida uma depressão profunda que leva o usuário a usar cada vez mais, pois o efeito passa rápido. Como se diz em segundos a pessoa vai do céu ao inferno.
O crackafeta o cérebro, causando: alegria, euforia, confiança, perda de apetite, insônia, aumento da energia entre outros e o pior de todos , o desejo de consumir cada vez mais.Embora seja uma droga mais barata seu efeito é mais intenso, e passa mais depressa.
Não da pra deixar de ressaltar a perda pelo amor próprio, pois o usuário não se importa mais consigo, esquece-se da higiene pessoalde alimentar-se e o pior esquece-se da família e de viver uma vida com expectativa.

2.3- REPRESENTAÇÃO SOCIAL
De acordo com uma pesquisa realizada pela universidade estadual do Rio de Janeiro, existem hoje cerca de 1,2 milhões de usuários de crack no país. Seu efeito atinge diretamente o cérebro causando uma vontade de consumir cada vez mais, e em menos de cinco vezes setorna um dependente, se tornando parte de uma estatística alarmante: 30% dos usuários morrem nos primeiros cinco anos de uso.
Para se compreender e resolver o problema das varias cracolândias espalhadas por toda parte, é necessário entender o problema como um todo. Na minha opinião o problema começa na família. O ambiente familiar em que somos criados influi no adulto que...
tracking img