Roma antiga

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2225 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Introdução

Esse trabalho contem assuntos referentes a Roma antiga. Cultura, religião, política, sociedade e economia são os principais temas abordados, também vai passará uma ideia de como era a vida e o modo de vida da população na Roma antiga.




































2. Cultura


Os romanos levavam uma vida simples, trabalhando no campoe alimentando-se de sua própria produção. A modéstia e a disciplina eram consideradas virtudes essenciais. A família era uma instituição sagrada e seu chefe - o pater famílias - tinha poder e direitos ilimitados sobre a mulher, os filhos, os escravos e os bens. Os idosos eram respeitados e serviam de exemplo à comunidade. Assim como muitos outros povos, também eram amantes de lutas e espetáculos(como os gladiadores).Sua religião - baseada no culto aos antepassados e a uma multidão de deuses - estava presente em todos os aspectos da vida cotidiana e também tinha um caráter cívico, ou seja, estava ligada à cidade e ao Estado romano.
Com o passar dos tempos, os deuses romanos foram se identificando com os deuses gregos, devido à grande influência que a Grécia - embora fosse dominada porRoma - exercia sobre ela e sua cultura. Na verdade, a arte grega foi uma das fontes principais da arte romana. A arquitetura talvez tenha sido uma das únicas artes em que até então os romanos produziram inovações efetivas, em particular devido ao seu senso prático. Se para os gregos as principais construções eram os templos, para os romanos importavam os reservatórios de água, os aquedutos, osedifícios públicos, como os tribunais, os circos e os mercados e etc.
Assim como em outros pontos, mesmo influenciados por outros povos, eles não deixaram seu pragmatismo de lado. Os Romanos, ao contrario dos gregos, pensavam que o que é belo, deve também ser útil.
A mesma praticidade era aplicada como disciplina e rigor no exército romano, onde ser um soldado era uma honra para sua família e osvencedores eram premiados com honrarias e louros, enquanto que os perdedores eram decapitados e mortos. Roma também desenvolveu armas e aperfeiçoou as técnicas em acampamentos e fortificações.




















3. Política



3.1 Monarquia Romana (753 a.C a 509 a.C)

De acordo com os historiadores, a fundação de Roma resulta da mistura de três povos que foram habitar aregião da Península Itálica: gregos, etruscos e italiotas. Desenvolveram na região uma economia baseada na agricultura e nas atividades pastoris. A sociedade, nesta época, era formada por patrícios e plebeus. O sistema político era a monarquia, já que a cidade era governada por um rei de origem patrícia. A religião neste período era politeísta, adotando deuses semelhantes aos dos gregos, porém com nomesdiferentes. Nas artes destacava-se a pintura de afrescos, murais decorativos e esculturas com influências gregas.

3.2 República Romana (509 a.C. a 27 a.C)

Durante o período republicano, o senado Romano ganhou grande poder político. Os senadores, de origem patrícia, cuidavam das finanças públicas, da administração e da política externa. As atividades executivas eram exercidas pelos cônsulese pelos tribunos da plebe. A criação dos tribunos da plebe está ligada às lutas dos plebeus por uma maior participação política e melhores condições de vida. Em 367 a.C, foi aprovada a Lei Licínia, que garantia a participação dos plebeus no Consulado (dois cônsules eram eleitos: um patrício e um plebeu). Esta lei também acabou com a escravidão por dívidas (válida somente para cidadãos romanos).3.3 Império Romano

Após dominar toda a península itálica, os romanos partiram para as conquistas de outros territórios. Com um exército bem preparado e muitos recursos, venceram os cartagineses, liderados pelo general Anibal, nas Guerras Púnicas (século III a.C). Esta vitória foi muito importante, pois garantiu a supremacia romana no Mar Mediterrâneo. Os romanos passaram a chamar o...
tracking img