Rollo may

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Rollo May (1909-1994) nasceu em Ohio, cresceu em Michigan, faleceu na Califórnia. Graduou-se em artes, em 1930. Encantou-se com a arte clássica grega, decidindo ir à Grécia, logo ao término de seu bacharelado. Trabalhou na Grécia durante três anos. Em seguida, viajou para Viena e estudou um breve tempo com Alfred Adler, cuja influência marcou-o consideravelmente.


Desenvolvimento

A visãotrágica da Europa, de então, acerca da natureza humana impediu-o de aceitar um conceito mecânico de pessoa. Retornando aos Estados Unidos, a psicologia local lhe pareceu "ingênua e simplista". Tanto, que resolveu matricular-se no Seminário Teológico União de Nova Iorque. Aí realizou investigações aprofundadas sobre o significado da desesperação, do suicídio e da angústia, questões estas, um tanto,ignoradas pelos psicólogos de lá. Apostava na possibilidade de com estes estudos pudesse aprender sua contrapartida: o valor, a alegria e a intensidade da vida (1983). No Seminário tornou-se discípulo e grande amigo do teólogo protestante Paul Tillich, ligação esta que enriqueceu a vida, a obra e os escritos de ambos.
Os pais de May se divorciaram durante seu curso no União, fato que o obrigou ainterromper seus estudos e voltar par
a Michigan para cuidar dos assuntos de família. Durante este tempo, foi conselheiro estudantil em um colégio estatal de Michigan. Mais tarde, pôde regressar a Nova Iorque e concluir sua licenciatura em teologia, isto em 1938. Durante os seus últimos anos no Seminário escreveu seu primeiro livro, The Art of Counseling (A arte do aconselhamento psicológico).May trabalhou como ministro paroquial em Montclair, Nova Jersey, antes de retornar a Nova Iorque, e começar a dedicar-se aos estudos em psicanálise, no Instituto William Alanson White de Psiquiatria, Psicanálise e Psicologia. Inscreveu-se na Universidade Columbia, e recebeu seu primeiro doutorado em Psicologia Clínica.
Sua atividade de estudos e trabalho foi bruscamente interrompida quando adoeceude tuberculose, em torno dos trinta anos de idade. Não havia, então, os medicamentos específicos para esta infecção. May ficou internado por três anos no Sanatório Saranac. Durante a sua doença, leu, entre outras obras, The problem of Anxiety (O problema da angústia) de Freud, e The Concept of Dread (O conceito de angústia) de Sören Kierkegaard. Ficou admirado com as formulações cuidadosas deFreud, mas convenceu-se que Kierkegaard "descrevia o que é experimentado de imediato pelos seres humanos em crise" (1969). A tuberculose em May ajudou-o a apreciar a importância do ponto de vista existencial. Seu livro, "The meaning of Anxienty" (O significado de ansiedade), de 1977, foi amplamente reconhecido como o primeiro escrito, nos Estados Unidos, a fomentar a união genuína entre a psicologia ea filosofia, e em demonstrar a importância dos valores para a psicologia.
A vida profissional de May foi muito produtiva. Exerceu a função de conselheiro para estudantes universitários no City College de Nova Iorque, desenvolveu a prática particular em psicanálise e terapia existencial, e tornou-se membro do instituto White. Lecionou na Escola Nova para a Investigação Social, nas Universidadesde Nova Iorque, Harvard, Yale e Princeton. Escreveu uma grande quantidade de livros e artigos, e ganhou vários prêmios.
May reconhece com clareza que a ciência deriva de pressupostos filosóficos e que depende fundamentalmente deles. Crê que a razão pela qual não entendemos a verdade acerca de nós mesmos, não é por não termos acumulado dados suficientes, realizado experimentos corretos ou lidomuitos livros, mas por "não termos o valor necessário". Os fatos científicos e as provas técnicas raramente nos ajudam a responder as perguntas que realmente importam. Temos que "arriscar-nos" (1953). Na psicoterapia May irá desempenhar o papel do "amigo implacável", insiste para que seus pacientes "lutem com as forças incapacitantes dentro deles para abrir caminho de novo para a vida" (Harris,...
tracking img