Risc cisc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2190 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Paulista- UNIP
Analises e Desenvolvimento de Sistemas- 1 º período
Professor:
Acadêmicos:

RISC e SISC

Brasília, DF, 28 de março de 2012
ÍNDICE

1- Introdução_____________________________________________________ 3

2- RISC e CISC

2.1 O que é RISC________________________________________________4

2.2 Como funciona umRISC_______________________________________5

2.3 O que é um CISC_____________________________________________5

2.4 Como funciona um CISC_______________________________________6

3. Arquitetura RISC e CISC ____________________________________________7
4. Comparações entre as características de RISC e CISC______________________8
5.Conclusão________________________________________________________10
6. Referência Bibliográfica_____________________________________________12



1. INTRODUÇÃO

Em vez de trabalhar diretamente com duas entradas simultaneamente, os microprocessadores modernos trabalham um de cada vez. O primeiro padrão de entrada é carregado para uma área especial denominada registrador. Um registrador funciona tanto comomemória quanto na área de trabalho. Ele armazena seqüências de bits até que possam ser trabalhadas ou até que haja um microprocessador de modo que as alterações solicitadas pelas instruções possam aparecer no registrador. A maioria dos microprocessadores normalmente tem vários registradores, alguns dedicados a funções especiais ( por exemplo, memorizar qual etapa de uma função o chip estárealizando no momento ) e alguns com funções gerais.
Outras instruções do microprocessador fazem com que o chip transfira números para seus registradores, a fim de serem processados mais tarde ou com que ele transporte informações de um registrador para outro local – por exemplo, para memória ou para uma porta de saída. Algumas instruções requerem a execução de uma série de etapas. Por exemplo, ainstrução que fornecemos como ilustração faz com que o processador subtraia um número imediato – armazenado na memória de um acumulador, que é um tipo de registrador particularmente adequado a cálculos.
Tudo que o microprocessador faz é executar uma série dessas instruções individuais. A simples subtração ou soma de dois números pode exigir de dezenas de etapas, incluindo a conversão dos números dosistema decimal para o binário ( 0’s e 1’s ) que o microprocessador entende. Os programas de computador são complexos porque precisariam analisar processos que imaginamos como uma coisa só – somar números, digitar uma carta, reposicionar um elemento gráfico – e subdividi-los em uma seqüência longa e complexa de pequenos passos.
Sempre houve uma grande polêmica em torno de qual dessas plataformas émelhor. Na verdade, você já deve ter ouvido muito boatos como "Os Macs são mais rápidos por que tem chips RISC" ou algo do gênero. O objetivo deste trabalho será abordar um pouco sobre as duas plataformas RIS e CIS e como elas coexistem atualmente.

2. RISC e CISC

3.1 O que é um RISC
O conceito de processador RISC baseia-se na premissa de que será menos eficiente executar umainstrução complexa do que executar o conjunto de instruções simples equivalente.
Assim, os processadores RISC têm por objetivo simplificar o conjunto de instruções em diversas dimensões por forma a maximizar esta premissa.
Para isso, um processador RISC caracteriza-se por:
* Ter um conjunto de instruções com tamanho fixo, normalmente do tamanho da Word do processador e do barramento de dados, paraque esta seja lida (fetch) e descodificada num único ciclo de relógio;
* Como tal, o número de instruções é mais reduzido que num processador CISC, em que não existe propriamente um tamanho limite para a instrução;
* Para reduzir o tamanho e facilitar o fetch e a descodificação, opta-se por reduzir às possibilidades de combinar diferentes tipos de operandos nas instruções. De fato,...
tracking img