Rio grande do sul literatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3725 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O Vaqueano, pintura de Jungbluth

“Quase ano 2000 Mas de repente avanço A mil e oitocentos e trinta e oito Eu digo avanço porque é claro Que os homens por ali Estão pra lá dos homens do ano 2000 Oigalé! Que tal! Sou o futuro imperfeito De um passado sem lugar Com a missão de olhar pra tudo E em tudo viajar Pra não ser só um cego Num espaço sem ar (...) E lá vamos nós Seguindo a frente friaPampa a dentro e através Séculos XIX e XXI fundidos sob o céu Que estende tanta luz No campo rubro à meus pés Eu acho que é bem Eu indo ao Pampa O Pampa indo em mim” Vitor Ramil (Índio do Pampa – do CD Ramilonga – A Estética do Frio)

A Origem

A Sociedade Partenon Literário
Pode-se considerar que o início efetivo da literatura do Rio Grande do Sul, considerando uma atividade constante ereconhecida pela sociedade, coincide com o surgimento da Sociedade Partenon Literário, agremiação fundada em Porto Alegre em 18 de junho de 1868.

• Instituiu aulas noturnas, destinadas aos que necessitavam trabalhar durante o dia; • Promoveu a discussão de teses das mais diversas naturezas e organizou saraus literários; • Criou sua própria biblioteca, que reuniu importantes obras nas áreas deFilosofia, História, Literatura; • Aderiu à campanha abolicionista e republicana.

Principais Representantes
• Caldre e Fião • Apolinário Porto Alegre • Carlos Von Koseritz • Aquiles Porto Alegre • Múcio Teixeira • João Damasceno Vieira • Bernardo Taveira Júnior • Amália dos Passos Figueira • Luciana de Abreu • Arthur de Carvalho Candal • Lobo da Costa, entre outros.

Acontecimentos históricosque influenciaram fortemente a Sociedade Partenon Literário:
• • • • A Revolução Farroupilha; A Guerra do Paraguai; A doutrina Positivista; O movimento republicano e abolicionista.

Principais características
• Forte espírito abolicionista, liberal e republicano; • Regionalismo gaúcho; • Engrandecimento do campeiro, do Monarca ou do Centauro; • Valorização da liberdade; • Exaltação das raízesdo sulino, o índio, livre desde o berço, o Farrapo, encarnação de todos os valores positivos e do passado glorioso; • Valorização da infância; • Predomínio da impessoalidade do poeta (tendência em negar o eu-lírico); • Indianismo como uma preparação da figura do gaúcho pela natureza livre de ambos; • Contexto histórico do RS (2ª metade do século XIX).

O Simbolismo

Alceu Wamosy (Uruguaiana,1895-1923)
Obras: - Flâmula (1913); - Na Terra Virgem (1914); Poesia - “Coroa de Sonhos” Características: Desejo de universalização por meio da extravasação interior; Aproveitamento das sugestões da luz; Sua temática traduz a ânsia de sol e calor, que representam o desejo de vida e felicidade; Busca do elevado e superior (transcendentalização espiritual); Forte individualismo; Poesia lírica ecrepuscular.

Eduardo Guimarães (Poa - 1892; RJ - 1928)
Obras: Caminho da vida (1912); A Divina Quimera (1916); Características: *Poesia crepuscular que retrata a angústia do entardecer de outono e dos primeiros frios do inverno gaúcho; *Considerado o poeta das formas “outonais”; *Espiritualização do amor; *Forte intimismo, vacuidade e melancolia; *Influência de Dante Aliguieri.

ORegionalismo no caminho do Pré-Modernismo

O Gaúcho , pintura de Jungbluth

Simões Lopes Neto (1865-1916)
Obras: ·Cancioneiro guasca (1910); ·Contos gauchescos (1912); ·Lendas do sul (1919); ·Casos de Romualdo (1952 – edição póstuma)

Características:
•Considerado o criador de uma perspectiva crítica ao regionalismo gaúcho; •Valorização das raízes históricas e folclóricas; •O gaúcho visto no seucotidiano; •Presença do narrador gauchesco: Blau Nunes; •Predomínio dos relatos curtos; •Idealização do gaúcho; •Descrença relativa nos valores da oligarquia rural; •Presença do folclore: Cancioneiro Guasca; •Os casos do grande mentiroso: Casos do Romualdo; •A linguagem dialetal (usa fontes orais); •Universalização temática.

Amaro Juvenal
(Cachoeira do Sul, 1851; Poa, 1919)
(pseudônimo de...
tracking img