Resumo: o monge e o executivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1588 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Livro começa contando a história de John Daily, um homem super ocupado, gerente geral de uma grande indústria, que, assim como outros percebeu que estava passando por vários problemas em sua vida profissional e pessoal. Numa tentativa de superação, após muita insistência de sua esposa Rachel, concordou passar uma semana inteira num mosteiro para participar de um retiro sobre liderança.Retiro comandado pelo frade Leonard Hoffman, cujo nome adotado no mosteiro era Simeão. Ele foi um influente empresário que abandonou tudo na esperança de dar um novo sentido a sua vida.
Simeão, era um nome que perseguia John desde criança. “Ache Simeão e ouça-o!”. Essa voz sempre o perseguia em seus sonhos.


Capítulo 1: AS DEFINIÇÕES


Neste capítulo é abordado asdefinições de liderança, que é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum. É mostrada também a diferença entre Poder e Autoridade, onde Poder é a faculdade de forçar ou coagir alguém a fazer sua vontade, por causa de sua posição ou força, mesmo que a pessoa preferisse não o fazer, e Autoridade é a habilidadede levar as pessoas a fazerem de boa vontade o que você quer por causa de sua influência pessoal. Durante todos os temas abordados, conhecemos cada um dos personagens que também participaram do retiro e das aulas de Simeão.
Mas o que mais marcou, foi a lição de saber ouvir. Ouvir é uma das habilidades mais importantes que um líder pode escolher para desenvolver.
Quando alguém estáfalando e você interrompe, é porque você não estava prestando atenção, já que seus pensamentos estavam ocupados pensando na resposta. Se você se recusa a ouvir, você não está valorizando a opinião de quem está falando. Portanto, “ouvir é uma das habilidades mais importantes que um líder pode escolher para desenvolver.”


Capítulo 2: O VELHO PARADIGMA


Nesse capítulo foi discutidosobre o comportamento das pessoas, sobre as necessidades humanas que não além do dinheiro, Simeão testemunha que levou anos para aprender que não são as coisas materiais que nos trazem alegria na vida, que os maiores prazeres da vida são totalmente grátis. Só para começar, pense no amor, no casamento, na família, nos amigos, filhos, netos, no nascer e pôr-do-sol, nas noites de lua, nas estrelasbrilhando, nas criancinhas, nos dons do tato, gosto, olfato, audição, visão, na boa saúde, nas flores, lagos, nuvens, sexo, na capacidade de fazer escolhas e na própria vida. Tudo grátis!
Mas como diferenciar uma necessidade de uma vontade? Simeão explica que uma vontade, é simplesmente um anseio que não considera as conseqüências físicas ou psicológicas daquilo que se deseja. Umanecessidade, por outro lado, é uma legítima exigência física ou psicológica para o bem-estar do ser humano.
“Se você não mudar a direção, terminará exatamente onde partiu!”


Capítulo 3: O MODELO


Antes que Simeão pudesse iniciar, Teresa, uma das integrantes, disse que durante o jantar da noite anterior, todos os participantes entraram em uma discussão animada sobre quem foi o maiorlíder dos tempos. Muitos nomes foram sugeridos, mas parece que não chegamos a um consenso sobre quem seria. Simeão, quem você acredita ter sido o maior líder de todos os tempos?
Jesus Cristo foi a resposta imediata. Não conheço ninguém vivo ou morto, que possa chegar perto de Jesus Cristo na personificação dessa definição. Jesus simplesmente disse que para liderar você tem que servir.Jesus não usava o estilo de poder porque não tinha poder, Ele influenciava o outro porque tinha autoridade. Foi proposto então, um modelo de liderança, uma pirâmide de cabeça para baixo, que simbolizava o modelo de liderança a serviço, e dentro dela, de cima para baixo, estava escrito: LIDERANÇA; AUTORIDADE; SERVIÇO e SACRIFICIO; AMOR; VONTADE;
Quando servimos e nos sacrificamos pelos...
tracking img