Resumo a politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4918 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO: A POLÍTICA

.

DISCIPLINA: FILOSOFIA GERAL E DO DIREITO
DOCENTE: KARINE KREWER
DISCENTE: JORDANIA MARCIA CARVALHO LEAL

CUIABÁ
2012
ARISTÓTELES, A POLÍTICA / ARISTÓTELES: tradução Roberto Leal Ferreira – 2.ed. – São Paulo: Martins Fontes, 1998 – (Clássicos). São Paulo – 2002.

LIVRO II
DO CIDADÃO E DA CIDADE
DO CIDADÃO

            O Estado é o sujeito constante dapolítica e do governo; a constituição política não é senão a ordem dos habitantes que o compõem.
            O Estado é uma totalidade e consiste numa multidão de partes: é a universalidade dos cidadãos.

O CRITÉRIO DA CIDADANIA

            Falemos aqui apenas dos cidadãos de nascimento e não dos naturalizados. Não é residência que constitui o cidadão: os estrangeiros e os escravos não sãocidadãos, mas sim habitantes.
            O que constitui propriamente o cidadão, sua qualidade verdadeiramente característica, é o direito de voto nas Assembleias e de participação no exercício do poder público em sua pátria.
            Há dois tipos de poderes: uns são temporários, só são atribuídos por certo tempo e não se podem obter duas vezes em seguida, os outros não têm tempo fixo, como o dejulgar nos tribunais ou de votar nas assembleias.
            A definição do cidadão, portanto, é suscetível de maior ou menor extensão, conforme o gênero do governo.
            É cidadão aquele que, no país em que reside, é admitido na jurisdição e na deliberação.
            De acordo com nossa definição, a coisa é simples. Se participarem do poder público, será cidadão.

AS DIVERSAS ESPÉCIESDE CIDADÃOS

            Há várias espécies de cidadãos, mas os verdadeiros são apenas os que participam dos cargos. Quando Homero fala de um fugitivo ou de um vagabundo, é pela exclusão dos cargos públicos que o caracteriza.
            “Tratado sem nenhum respeito, excluído da Cidade.”
            Quem quer que não participe dela, com efeito, é como um estrangeiro que acaba de chegar.           
            Se em algum lugar escondem esta distinção, fechando os olhos sobre os domiciliados que usurpam a qualidade de cidadão, é para iludi-los e disfarçar sua malignidade.

AS VIRTUDES QUE FAZEM O CIDADÃO E O HOMEM DE BEM

            Exame para se saber se as mesmas virtudes fazem o homem de bem e o bom cidadão.
            A virtude do cidadão deve ser para que todos trabalhem paraconservação de sua comunidade, ou seja, para a salvação do Estado.
            Há várias espécies de governo, é impossível que as virtudes cívicas e o civismo perfeito sejam os mesmos em toda parte.
            Para melhor discutir esta questão, convém situarmo-nos no melhor governo possível. Veremos, por um lado, que é impossível que o Estado seja composto inteiramente de homens perfeitos, e,por outro, que é preciso que cada um execute o melhor possível suas funções. Uma vez que parece impossível que todos os cidadãos se assemelhem, não pode o mesmo gênero de virtude fazer o bom cidadão e o homem de bem. Mas todos devem ser bons cidadãos.
            O mérito de um homem de bem e o de um bom cidadão são, portanto, coisas distintas.
            O Estado, aliás, é um composto departes dessemelhantes, todos trabalham para a conservação de sua comunidade, ou seja, para a salvação do Estado.
            Portanto, se há várias espécies de governo, é impossível que as virtudes cívicas e o civismo perfeito sejam os mesmos em toda parte, ou que eles se confundam com a virtude absoluta pela qual distinguimos as pessoas nobres. É evidente que se pode ser bom cidadão sem possuirvirtudes tão eminentes.
            Porém, para melhor discutir esta questão, convém situarmo-nos no melhor governo possível. Veremos, por um lado, que é impossível que o Estado seja composto inteiramente de homens perfeitos, e, por outro, que é preciso que cada um execute o melhor possível suas funções. Uma vez que parece impossível que todos os cidadãos se assemelhem, não pode o mesmo...
tracking img