Resumo manifesto do partido comunista

A proposta do manifesto do partido comunista é a união dos trabalhadores (proletariado) em todo o mundo, contra a opressão burguesa e o reconhecimento do comunismo como uma força, além deressaltar a importância da exposição das ideias comunistas para o mundo inteiro.
No primeiro capítulo, Marx e Engels proclamam que “a história de toda sociedade existente até hoje tem sido ahistoria das lutas de classes”, e citam vários antagonismos de classes sociais durante os séculos, apresentando a burguesia como a nova classe opressora. Mas não escondem o importante papelrevolucionário da burguesia no regime feudal e descrevem as enormes transformações provocadas pela burguesia industrial. Contudo, esse grande desenvolvimento provocado pelos burgueses, acabou criando aforça social que – segundo os autores – há de destruí-los, o proletariado.
O Manifesto define os comunistas como uma parte do proletariado, e não como um partido oposto a outros partidosoperários, mostrando que seus interesses são os mesmos do proletariado em geral: a organização dos trabalhadores para a conquista do poder político, e o fim da opressão burguesa. Também procura sedefender das críticas e estigmas que são jogados sobre eles (comunistas) pelas classes poderosas e influentes, destacando que o comunismo não priva do poder de apropriação dos produtos sociais,apenas elimina o poder de escravizar o outro por meio dessa apropriação.
Marx e Engels analisam e criticam, ainda, três tipos de socialismo: o socialismo reacionário, o socialismo conservadorou burguês, e o socialismo e o comunismo crítico-utópicos. fazendo uma distinção da teoria de outras correntes existentes no movimento proletário.
Por fim, analisa o quadro político da épocaem cada país e termina com as principais ideias do manifesto, destacando a questão da propriedade e a união mundial dos operários, conclamando: “proletários de todos os países, uni-vos!”.
tracking img