Resumo filme vida de inseto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4330 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
O filme “Vida de Inseto” é uma produção dos estúdios Walt Disney / Pixar, disponível
em VHS e DVD. Ele relata a vida de um formigueiro, oprimido por uma gangue de
gafanhotos. Não é apenas uma história infantil, mas, principalmente, uma metáfora ao
funcionamento institucional de muitas equipes e organizações de trabalho. Esta visão é
indispensávelpara a compreensão deste artigo.
É um desenho digitalizado, muito bem construído que se utiliza da música e da cor
com muita propriedade para emocionar e motivar o espectador. A trama circula em torno de
três grupos : o formigueiro, os gafanhotos e uma equipe de artistas de circo.
Os principais personagens são:
• Flik: uma formiga altruísta, inventora e criativa que não se deixa submeteraos paradigmas
criados por uma ideologia de dominação. Apresenta uma espontaneidade e um
inconsciente à flor da pele, mas como todo sujeito, tem seu limite e também sofre,
apaixona-se e produz sintomas.
• Atta: sucessora do trono real que terá, ao longo da história, que encontrar seu caminho,
lidar com seu desejo e criar seu próprio estilo de liderança.
• Dot: irmã caçulade Atta, identifica-se com Flik e em sua infância e espontaneidade revela
características de uma nova geração no formigueiro.
• Hopper: chefe de uma gangue de gafanhotos que oprime e domina o formigueiro através
de uma inculcação ideológica permanente, que reproduz valores que mantêm uma divisão
social do trabalho, com efeitos e produção de sintomas, que vão desde a submissão servil
até adesvalorização do potencial real pessoal e de trabalho na vida do formigueiro, com
um grande instituído : não se pode mudar nada. Lidera seu grupo de gafanhotos da mesma
maneira.
• Os artistas circenses: estão engajados em um circo de baixa qualidade, cujo proprietário é
uma pulga chamada PT. São despedidos após uma desastrosa apresentação, migram para a
cidade e se reúnem em um bar (fatobastante comum na vida real), onde encontram Flik.
Por uma distorção de comunicação e por mera casualidade são interpretados como
guerreiros e viajam para o formigueiro.
Esta história foi analisada pelo PAM com base, principalmente, nos seguintes
conceitos: inconsciente, desejo, sintoma, papel, tele, espontaneidade, criatividade, instituído,
instituição, ideologia. Estes e outrosconceitos são explicados na parte de referenciais teóricos
da home page do grupo.
No institucionalismo, configura-se o campo de análise e o campo de intervenção.
Como se trata de uma história, ela se presta para o primeiro campo.
Mas, quanto ao segundo, é uma boa ilustração de como o PAM utiliza seus
referenciais em suas intervenções no campo de análise.
Vale ainda dizer quemuitos sujeitos atuam de forma institucionalista sem serem
conclamados para tal. É o caso de Flik : tem uma concepção institucionalista de vida e de9&219,%5$±&RQJUHVVR9LUWXDO%UDVLOHLURGH$GPLQLVWUDomR
mundo, age nos grupos e nos seus vínculos intersubjetivos de forma a poder disparar análises
e processos instituintes.
2. ANALISADORES CONSTRUÍDOS A PARTIR DE CENAS EMERGENTES2.1. A Folha
Quando a folha caiu sobre a fila perfeitamente ordenada de formigas, ficou
evidenciada a falta de autonomia e a conserva cultural sobre o fazer e o trabalhar, presentes
naquela organização.
O grupo foi atravessado por um imprevisto. A conserva cultural e o instituído não
permitiam nenhuma forma diferente de fazer as coisas, ou seja, havia uma rigidezna
percepção e nos papéis desempenhados, que exigiam das formigas que a rotina sempre fosse
seguida, sem a concessão de saídas criativas diante de imprevistos ou de novas necessidades.
Foi institucionalizado que não era possível pensar ou criar e, assim, a posição passiva
assumida frente aos gafanhotos não poderia ser mudada. Desta forma, mantinha-se a opressão
por eles...
tracking img