Resumo do principe de maquiavel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1400 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Esquizofrenia
A um transtorno psíquico severo que se carateriza classicamente por uma coleção de sintomas que podem ocorrer, como: alterações do pensamento, alucinações (sobretudo auditivas), delírios e perda de contato com a realidade. Junto da paranoia (transtorno delirante persistente,) e dos trantornos graves do humor (a antiga psicose maníaco-depressiva, hoje fragmentada na em episódiomaníaco, episódio depressivo grave e transtorno bipolar), as esquizofrenias compõem o grupo das psicoses. É hoje encarada não como doença, no sentido clássico do termo, mas sim como um grupo de sintomas, atingindo todas as classes sociais e grupos humanos. De acordo com algumas estatísticas, a esquizofrenia atinge 1% da população mundial,manifestando-se habitualmente entre os 15 e os 25 anos, noshomens e nas mulheres, podendo igualmente ocorrer na infância ou na meia-idade.
Sintomas
A esquizofrenia se caracteriza essencialmente por uma fragmentação da estrutura básica dos processos de pensamento, acompanhada pela dificuldade em estabelecer a distinção entre experiências internas e externas. Embora primariamente uma doença que afeta os processos cognitivos[de conhecimento], os seus efeitosrepercutem-se também no comportamento e nas emoções. Os sintomas da esquizofrenia não são os mesmos de indivíduo para indivíduo, podendo aparecer de forma insidiosa e gradual ou, pelo contrário, manifestar-se de forma explosiva e instantânea. Estes podem ser divididos em duas grandes categorias: sintomas positivos e negativos.
Sintomas positivos:

Os sintomas positivos estão presentes com maiorvisibilidade na fase aguda da doença e são as perturbações mentais "muito fora" do normal, como que “acrescentadas” às funções psicológicas do indivíduo. Entende-se como sintomas positivos os delírios ideias delirantes, pensamentos irreais, “ideias individuais do doente que não são partilhadas por um grande grupo”, por exemplo, um indivíduo que acha que está a ser perseguido pela polícia secreta,e acha que é o responsável pelas guerras do mundo; as alucinações, percepções irreais, ouvir, ver, saborear, cheirar ou sentir algo irreal, sendo mais frequente as alucinações auditivo-visuais; pensamento e discurso desorganizado, elaborar frases sem qualquer sentido ou inventar palavras; alterações do comportamento, ansiedade, impulsos, agressividade.

Sintomas negativos:
Os sintomas negativossão o resultado da perda ou diminuição das capacidades mentais, ”acompanham a evolução da doença e refletem um estado deficitário ao nível da motivação, das emoções, do discurso, do pensamento e das relações interpessoais”, como a falta de vontade ou de iniciativa; isolamento social; apatia; indiferença emocional; pobreza do pensamento. Estes sinais não se manifestam todos no indivíduoesquizofrénico. Algumas pessoas vêem-se mais afetadas do que outras, podendo muitas vezes ser incompatível com uma vida normal. A doença pode aparecer e desaparecer em ciclos de recidivas e remissões.
Causas
Sabe-se atualmente que não existe uma única causa, mas sim várias que concorrem entre si para o seu aparecimento, sendo muitas as teorias que surgiram para explicar esta doença
Teoria genética:
Ateoria genética admite que vários genes podem estar envolvidos, contribuindo juntamente com os fatores ambientais para o eclodir da doença. Sabe-se que a probabilidade de um indivíduo vir a sofrer de esquizofrenia aumenta se houver um caso desta doença na família. "No caso de um dos pais sofrer de esquizofrenia, a prevalência da doença nos descendentes diretos é de 12%. No entanto, mesmo na ausênciade história familiar, a doença pode ainda ocorrer. Segundo Gottesman sabe-se ainda que cerca de 81% dos doentes com esquizofrenia não têm qualquer familiar em primeiro grau atingido pela doença e cerca de 91% não têm sequer um familiar afetado. podendo muitas vezes ter a ver com a sua infancia ou como foi sua vida até o ponto em que "possivelmente" descobriu que estava doente.
Teoria...
tracking img