Resumo de maquiavel - principe

O Príncipe
Nicolau Maquiavel
(resumo)
Enquanto Muitos ofereciam presentes Maquiavel enviou ao príncipe seu conhecimento.
Os principados são por hereditariedade quando o sangue é nobre,ou por membros acrescidos,por exemplo: O príncipe de Napolis não teve filhos no entanto,ele adotou um menino e transferiu a ele seu trono. Os domínios de principados , são acostumados a viver ou por totalsubmissão ou acostumados a serem livres.
Um príncipe caso queira e ser dotado de capacidades,sempre se manterá no poder. Amenos que uma extraordinária e excessiva força dele venha a priva la  e destitui-lo.
As dificuldades surgem nos principados novos,é que os homens , com satisfação , mudam de senhor pensando melhorar e essa crença faz com que lance mão de armas contra o senhor atual,no que seenganam porque , pela própria experiência , percebem mais tarde ter piorado a situação . Isso depende de uma outra necessidade natural e ordinária , atual faz com que o novo príncipe sempre precise ofender os novos súditos com seus soldados,desta forma , tens como inimigos todos aqueles que ofendestes com a ocupação do principado e não pode se manter como amigos os que te puseram ali , porquesempre mesmo fortíssimos em exércitos tem-se necessidade do apoio dos habitantes para penetra numa província. Foi por esta razão que Luiz XII , rei da França , ocupou Milão rapidamente e logo depois o perdeu , para tanto bastando inicialmente as forças de Ludovico,porque aquelas populações que lhe haviam aberto as portas , reconhecendo o erro de seu pensar anterior e descrentes daquele bem estarfuturo que haviam imaginado ,não mais podiam suportar os dessabores ocasionados pelo novo príncipe.
O “Príncipe”, obra de Nicolau Maquiavel, trata da hereditariedade, da conquista e manutenção de um governo. O autor chama “Príncipe” os governantes (reis) da época e antes a publicação da obra.  Ele mostra como se saem os príncipes em cada época, em cada principado. Para Maquiavel,
Costumam levarao príncipe, aqueles que o querem agradar, as coisas que consideram mais caras ou que são importantes, muitos levam cavalos, pedras preciosas, armas, tecidos. No entanto, ofereço-lhe o que mais prezo: meu conhecimento.
  Os principados ocorrem por hereditariedade – quando o sangue é nobre, ou por membros acrescidos, Maquiavel explica aqui como se saem os príncipes em seus principados. Ossominios de principados são acostumados a viver ou por total submissão ou acostumados a serem livres.
  Um príncipe, caso queira e se for dotado de capacidade, sempre se manterá no poder. A menos que uma extraordinária e excessiva força venha a privá-lo e destituí-lo.
Quando o príncipe esta em sua região natural, que sempre foi de sua família ou que ele não tenha tomado, tem menores razões e menosnecessidades para preocupar, já que deve ser amado.
  As dificuldades surgem nos principados novos ( governado por um membro fora da família real), isto porque eles pensam que mudando de senhor a vida mudará, mais não é o que acontece; eles se enganam e percebem ter piorado a situação.
Quando o território a ser conquistado é da mesma província e eles falam a mesma língua, é mais fácilmantê-los pacificados. Para isso o príncipe deve extinguir  a descendência  do  príncipe que os governava, mas conserva suas velhas condições e seus costumes. Para se ter sucesso no Principado, os homens devem ser bem tratados ou aniquilados. A semelhança de costumes colabora para uma boa relação entre o Príncipe e o povo, se o príncipe resolve conservar o território eles têm que fazer duas coisas: 1)Fazer com que a linhagem do antigo príncipe seja extinta e 2) Não alterar nem as leis e nem os impostos.
Mas quando se conquistam  territórios em uma província com língua, leis e costumes diferentes, aqui surgem as dificuldades e é necessário haver boa sorte e habilidade para mantê-los. Seria então, o de conquistar o território e mudar-se para lá; desta forma se houver alguma desordem, ele...
tracking img