Resumo do livro: o monge e o executivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1191 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O livro conta a história de John Daily, um executivo que aparentemente levava uma vida perfeita. Após problemas com a família e no trabalho ele aceita a orientação de sua esposa e do pastor de sua igreja, que o indica a participar de um retiro num mosteiro cristão chamado João da Cruz onde os frades viviam centrados em três premissas - oração, trabalho e silêncio.

Lá ele descobriu que olendário Leonard Hoffman, um ex-executivo de uma das maiores empresas dos Estados Unidos, tornou-se frade.

Apesar de sua resistência, John decidiu ir e ao chegar foi recepcionado por um padre e descobriu que Len Hoffman seria responsável pelo curso de liderança, porém ele se surpreendeu ao descobrir que Len tinha recebido no mosteiro o nome de “Simeão”, um nome que o perseguia desde a infância.Após a primeira cerimômia religiosa, John faz uma pesquisa na internet sobre a vida de Len Hoffman e descobre vários artigos sobre ele. Um deles dizia que Hoffman era muito conhecido e respeitado como executivo, por suas habildades em liderar e motivar pessoas e por ser capaz de transformar várias companhias à beira do colapso em negócios de sucesso.

Ao voltar para o seu quarto, John se deparacom Simeão (Len Hoffman) consertando o vaso sanitário e combina com ele de se encontrarem no dia seguinte antes da primeira cerimômia religiosa do dia.

A primeira aula ministrada foi sobre liderança, Simeão deixa claro
que liderança não pode ser confundida com poder e enfatizou que o líder se utiliza da autoridade para que as pessoas, dêem o melhor de si no que estão fazendo.
Que com o passardo tempo, o poder se torna muito danoso e acaba
prejudicando os relacionamentos.
John pensou em suas responsabilidades como pai, marido, chefe e se sentiu deprimido pela forma como vinha agindo.
As quinze para as cinco da manhã, John já estava acordado e levantou-se para encontrar com Simeão na capela. Simeão lhe perguntou o que já havia aprendido. John disse que havia achado muitointeressante o conceito entre poder e autoridade.
As nove horas, todos estavam na sala de aula e havia Simeão explicou que paradigmas são padrões psicológicos, modelos ou mapas que usamos para navegar na vida. Eles podem ser valiosos e podem tanto ajudar como dificultar a vida das pessoas.. É preciso superá-los.
Tereza pergunta a Simeão qual foi o maior líder de todos os tempos.
- Jesus Cristo, foi aresposta imediata e explicando disse que Jesus não tinha nenhum poder apenas autoridade e muita influência sobre as pessoas e até o nosso calendário conta os dias a partir do seu nascimento.
Que seu estilo de administração era serviço e sacrifício. Quando servimos e nos sacrificamos pelos outros, exercemos autoridade e influência e quando exercemos autoridade com as pessoas, ganhamos o direito desermos chamados de líderes.
No dia seguinte Simeão começou explicando sobre o amor e suas várias definições em vários idiomas. Ele se referiu ao amor ágape, traduzido do grego e descreve um amor incondicional sem exigir nada em troca baseado no comportamento e pela escolha, não o sentimento do amor.
Simeão explicou que de fato, a liderança está estritamente ligada ao amor e escreveu no quadro:Amor e Liderança.
Simeão pediu para que Teresa trouxesse o dicionário a fim de definir melhor o amor ágape. Com uma lista de qualidades de caráter, que eles haviam definido no domingo, Simeão definiu o amor dessa maneira: Paciência, bondade, humildade, respeito, abnegação, perdão, honestidade e compromisso.
Eles procuraram no dicionário a definição de cada uma destas palavras e discutiram arespeito de todas elas.
• Paciência - mostrar auto controle: O líder deve ser exemplo de bom comportamento para quem quer que esteja liderando, se ele gritar ou perder o controle,o time também perdera o controle e tenderá a agir de forma irresponsável.
• Bondade - dar atenção, apreciação, incentivo - Prestar atenção as pessoas é uma necessidade humana legitima, que não pode ser negligenciada por...
tracking img