Resumo do artigo sobre dsv- iv

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1689 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Anhanguera de Santo André
Processos Psicológicos Básicos II

Resumo do artigo: A importância e as limitações do uso do DSM-IV na prática clínica.

Referência: GOMES DE MATOS, E. A importância e as limitações do uso do DSM-IV na
prática clínica. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, vol. 27, no. 3, p.
312-318, 2005.

De acordo com a história, na Grécia antiga, desde oséculo 5 a.C., Hipócrates buscou estabelecer um sistema de classificação para as doenças mentais e ao longo dos séculos seguintes diversos termos como, loucura circular, catatonia, hebefrenia, entre outros, foram sendo incorporados ao jargão médico. Entretanto, o primeiro sistema de classificação abrangente e de cunho verdadeiramente científico surgiu com os estudos de Emil Kraepelin (1856-1926),Freud (1895), quase ao mesmo tempo, destacava da neurastenia uma síndrome, denominada neurose de angústia, que passou a ser classificada e estudada juntamente com outros tipos de neurose, esta terminologia perdurou até os anos 80, do século 20.
No ano de 1952, a Associação Psiquiátrica Americana (APA) publicou a primeira edição do "Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais" (DSM-I), eas edições seguintes, publicadas em 1968 (DSM-II), 1980 (DSM-III), 1987 (DSM-III-R) e 1994 (DSM-IV), foram revistas, modificadas e ampliadas.
O DSM-III (1980) foi o mais revolucionário de todos e tornou-se um marco na história da psiquiatria moderna, novas categorias diagnósticas foram descritas e muitas palavras passaram a ser evitadas, também ocorreu a hierarquização dos diagnósticos, umpaciente diagnosticado como esquizofrênico, por exemplo, não poderia receber o diagnóstico simultâneo de transtorno de pânico. A esquizofrenia, patologia mais grave, era considerada hierarquicamente superior ao quadro do pânico, desta forma, era atendida a velha máxima da medicina, que preconiza a identificação de uma única patologia para explicar todos os sintomas que compõem o quadro clínico de umpaciente.
Entretanto, em 1987, com a publicação do DSM-III-R, esta hierarquia foi abolida, e o manual passou a incentivar a feitura simultânea de dois ou mais diagnósticos num mesmo paciente. Surgiu, assim, o conceito de comorbidade, em psiquiatria, que foi confirmado pelo DSM-IV e amplamente difundido nos anos 90, sendo utilizado regularmente nos dias atuais. O conceito de comorbidade remonta aoano de 1970, quando Feinsten o utilizou pela primeira vez para definir "qualquer entidade clínica adicional que tivesse existido ou que pudesse ocorrer durante o curso clínico de um paciente, que tivesse a doença índice em estudo".
 O DSM-IV é, portanto, um manual diagnóstico e estatístico, que foi adotado pela APA e trata-se de um sistema classificatório multiaxial organizado de maneira aagrupar 16 classes diagnósticas distintas, que recebem códigos numéricos específicos e se distribuem por cinco grandes eixos, no caso, o Eixo I descreve os transtornos clínicos propriamente ditos, Eixo II descreve o retardo mental, Eixo III descreve as condições médicas gerais, Eixo IV trata dos problemas psicossociais e ambientais, associados com o transtorno mental em questão e o Eixo V constitui-sepor uma escala de avaliação global de funcionamento (AGF), que recebe uma numeração.
As principais características do DSM-IV são: 1. descrição dos transtornos mentais; 2. definição de diretrizes diagnósticas precisas, através da listagem de sintomas que configuram os respectivos critérios diagnósticos; 3. modelo ateórico, sem qualquer preocupação com a etiologia dos transtornos; 4. descrição daspatologias, dos aspectos associados, dos padrões de distribuição familiar, da prevalência na população geral, do seu curso, da evolução, do diagnóstico diferencial e das complicações psicossociais decorrentes; 5. busca de uma linguagem comum, para uma comunicação adequada entre os profissionais da área de saúde mental; 6. incentivo à pesquisa.
 O DSM-IV atingiu muitos dos seus objetivos,...
tracking img