Resumo de livros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1785 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CÍRCULO HERMENÊUTICO
Gadamer faz ver, tendo como base Heidegger, que o círculo tem um sentido ontologicamente positivo na compreensão, pois ele possibilita ao intérprete elaborar um projeto sobre o que se vai interpretar; mas, no decorrer da interpretação, é possível a elaboração de um novo projeto e isso sucessivamente. Nesse sentido, os pré-conceitos e pré-compreensões, que o intérprete possuiao se deparar com um texto, têm espaço para serem postos à prova e, assim, evidenciar a possibilidade para uma coerente compreensão.
Quando um intérprete se propõe a interpretar um texto, ele não o faz com a mente vazia, isto é, sem pré-compreensão. Ele sempre parte de um pré-saber, que equivale ao seu modo de se relacionar com as coisas. Para Gadamer, essa posição do intérprete, sem os devidoscuidados, pode comprometer a validade da compreensão. Para haver legitimidade na compreensão, os pré-juizos não devem ser arbitrários, é necessário que o intérprete examine tais pré-juizos quanto a sua origem e validez.
Faz jus chamar a atenção que, com isso, Gadamer não defende a possibilidade de uma neutralidade ou uma auto-anulação do intérprete em relação ao objeto, mesmo porque tal façanhaseria impossível. Ele só sugere que haja abertura por parte do intérprete e que este permita, de certa maneira, um confronto de opiniões entre ele e o texto.
Com essa perspectiva que acabamos de nos ater nas linhas precedentes é possível falar do sentido do projeto na compreensão circular. A partir do momento que um intérprete se propõe a interpretar um texto ele estará concretizado um projeto.Concretizar um projeto pode é ir ao texto e fazer dele uma fonte para interpretar, de forma tal que à medida que se interpreta um texto, o projeto se modifica e se estrutura de forma mais consistente e mais livre de possíveis erros.
É interessante notar que o círculo abre espaço para um constante reprojetar, ou seja, a interpretação inicia-se com conceitos prévios, como vimos, e com o passar dotempo eles são, geralmente, substituídos por outros mais adequados. Dessa forma, podemos dizer que o primeiro projeto vai se corrigindo à medida que a coisa vai sendo decifrada.
Diante de um texto, por exemplo, o intérprete não procura aplicar um critério geral a um caso particular: ele se interessa, ao contrário, pelo significado fundamentalmente original do escrito de que se ocupa...
... Oconhecimento histórico não pode ser descrito segundo o modelo de um conhecimento objetivista, já que ele mesmo é um processo que possui todas as características de um acontecimento histórico. A compreensão deve ser entendida como um ato da existência, e é, portanto, um "pro-jeto lançado". (GADEMAR, p. 57, 1998)
Não podemos nos apegar a determinados conceitos estabelecidos tanto pela sociedade como pelacultura em que estamos inseridos, pois, tais conceitos podem ser mudados e esclarecidos, fazendo com que se tenha possibilidade de uma nova perspectiva, de uma nova visão de mundo, quebrando os pré-conceitos existentes.
Para cada época, um determinado texto terá uma determinada interpretação que seja de acordo ao saber e ao contexto da época. Podemos perceber que, o intérprete não chega ao textototalmente vazio como uma folha em branco. O intérprete se dá conta de seu saber e pré-julgamento do texto ao chocar-se com o texto; sendo assim, o entendimento do texto estabelece um diálogo com o texto. Esse diálogo deve ser aberto, discursivo, e deixar o texto falar e responder as suas interpelações.
Podemos dizer que a incumbência peculiar da compreensão está na elaboração de projetosautênticos que estejam em consonância com a "coisa mesma". Nesse sentido, Gadamer diz: "Elaborar os projetos corretos e adequados às coisas, que como projetos são como antecipações que apenas devem ser confirmadas 'nas coisas', tal é a tarefa constante da compreensão".
Uma primeira interpretação acontece a partir dos conceitos pré-existentes que temos. O intérprete consegue entender o texto desde o...
tracking img