Resumo antigona

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1085 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Antígona de Sófocles

O drama se inicia com uma discussão de Antígona com sua irmã Ismênia Antígona deseja enterrar seu irmão Polinices, que atentou contra Tebas, porém havia uma lei promulgada por Creonte rei de Tebas, que impedia o sepultamento de Polinices já que esse era considerado traidor, pois havia matado seu irmão Etéocles em uma disputa pelo trono de Tebas. Mesmo assim Antígonaemanada pelas leis dos Deuses vai contra Creonte e acaba por enterrar seu irmão Polinices. Antígona é então capturada e levada até Creonte. Que ao ser informado de seu ato fica furioso com tamanha afronta a uma lei decretada pelo próprio rei e para dar exemplo Creonte acaba por sentenciar Antígona à morte. Ignorando até mesmo seu filho Hémon, noivo de Antígona que clama ao pai pela razão e pela vida danoiva, pois ela apenas queria dar um enterro justo ao irmão.
Depois de uma longa discussão com Hémon, Creonte se mantém firme na sua decisão e envia Antígona para uma tumba onde ficará ate sua morte. É ai que aparece Tirésias que movido pela razão alerta Creonte sobre as possíveis conseqüências de seus atos.
Na tentativa de voltar atrás Creonte vai à tumba de Antígona. Chegando ao local ouvegritos de seu filho Hémon e percebe que Antígona havia se enforcado e que seu filho estava aos prantos com a morte de sua noiva. Guiado assim pelas emoções Hémom após uma tentativa frustrada contra vida do próprio pai acaba se matando com um golpe de espada. Ao chegar ao castelo Creonte descobre que sua esposa Eurídice havia se matado após descobrir a morte de seu filho. Assim Creonte passa alamentar por todos seus atos, mas principalmente por não ter agido de acordo com a lei dos deuses.
A tragédia exibe de forma bem clara o conflito entre as leis naturais defendidas por Antígona e as leis positivas defendidas por Creonte. Se formos analisar a personagem Antígona e os personagens que a apóiam no caso Hémon e Tirésias poderemos observar sua grande tendência jusnaturalista já que defendem umtipo de lei absoluta, eterna e imutável que não advêm da vontade humana.No caso as personagens acreditavam que essas leis advinham das vontades dos deuses.Antígone motivada por essa lógica acreditava que sepultar seu irmão de acordo com os costumes próprios daquela época era o mais correto a ser feito,pois ela não temia nem a morte porque acreditava estar fazendo o que era justo .No trechoabaixo fica bem clara a opinião e a tendência do pensamento jusnaturalista de Antígone:

‘’Sim, porque não foi Júpiter que promulgou; e a justiça, a deusa que habita com divindades subterrâneas jamais estabeleceu tal decreto entre os humanos; nem eu creio que teu édito tenha força bastante para conferir a um mortal o poder de infringir as leis divinas, que nunca foramescritas, mas são irrevogáveis; não existem a partir de ontem, ou de hoje; são eternas sim! E ninguém sabe desde quando vigoram! – Tais decretos, eu, que não temo o poder de homem algum, posso violar sem que por isso me venham a punir os deuses! Que morrer, eu bem sei; é inevitável; e morreria mesmo sem a tua proclamação. E, se morrer antes do meu tempo, isso será, para mim, uma vantagem, devodizê-lo! Quem vive como eu, no meio de tão lutuosas desgraças, que perde com a morte? Assim, a sorte que me reservas é um mal que não se deve levar em conta; muito mais grave teria sido admitir que o filho de minha mãe jazesse sem sepultura; tudo o mais indiferente! Se te parece que cometi um ato de demência, talvez mais louco seja quem me acusa de loucura! ‘’
SÓFOCLES. Antígona (pag.30). Tradução deMaria helena rocha Pereira. Coimbra: Instituto Nacional de Estudos Clássicos, 1992.


Já Creonte não seguindo esse principio partia de uma idéia contraria onde acreditava que a lei dos homens era superior e essa sim devia ser a verdade e a conduta da polis.
A problemática da tragédia se da na incompatibilidade dessas duas teorias de leis, lei positiva Creonte e lei natural Antígona. Onde...
tracking img