Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (974 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Nessa história transcrita por Martin Claret, narrada por Nicolau Maquiavel onde ele mostra toda sua experiência de convívio com a política da época dos principados, em seu documentário, mostra um príncipe para conquistar e se manter no poder. É um verdadeiro manual para quem exerce o domínio sobre as pessoas.

RESENHA DO LIVRO MAQUIAVEL NICOLAU

Capítulo I
“De quantasespécies são principados e como são adquiridos” (pag.11)
Maquiavel expõe dois tipos de principados, o hereditário e o adquirido, e mostra como o governante chega ao poder, uma pela descendência antiga,ou seja, hereditário ou pela fortuna, no caso os novos governantes.

Capítulo II
“Os principados hereditários “(pág.13 á 14)
Afirma que o principado hereditário tem menores dificuldadespara serem mantidos no poder, sem ricos de serem perdidos, pois o povo cria o hábito de dominado pelos seus governantes.

Capítulo III
“Os principados mistos” (pág.15 á 24)
O autor deixa clarocomo fazer para conquistar um principado, quem os conquista quando e como mantê-lo deve respeitar suas condições: uma é que as a estirpe do principado anterior seja extinta, a outra é não mudar oscostumes, as leis nem os impostos, e um dos meios mais eficazes seria o soberano fixar residência no local conquistado para tomar a posse segura e duradoura, Maquiavel tinha uma regra geral que nunca ouraramente falhasse: Não se deve dar o poder para outros, pois assim causará sua própria ruma pelo fato desse poder se originar na astúcia ou na força e ambas são suspeitas a quem se torna poderoso.Capítulo IV
A razão pela qual o reino de dario ocupado por Alexandre, não se rebelou contra seus sucessores após a morte deste (pág.25 á 28).
Maquiavel responde que os principados sãogovernantes de modos diferentes. O príncipe com todos os seus ministros com sua permissão têm maior com maior poder para governar ou por um príncipe por barões por antiguidade de sangue, já é mais...
tracking img