Resenha o paradoxo de rousseau

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (439 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Paradoxo de Rousseau ? Uma interpretação democrática da vontade geral, novo livro do cientista político Wanderley Guilherme dos Santos, começa com um questionamento sobre a utilidade de plebiscitose referendos em um país como o Brasil. Desconfiado da eficácia desses mecanismos, Santos defende o uso controlado das ferramentas complementares de democracia direta, boas apenas em situações denebulosos conflitos de opinião. Nos últimos 15 anos, o Brasil passou por duas situações de consulta direta à população ? a primeira, o plebiscito de 1993, tratava sobre o regime e sistema de governobrasileiro; e a segunda, o referendo de 2005, sobre a comercialização de armas e de munições. Em seguida, relembra para os leitores a longa marcha da democracia brasileira, citando a trajetória do voto nopaís e a implementação das constituições.

Aproveita também para criticar uma triste realidade: apesar do texto da constituição ser o mesmo para brasileiros de Norte a Sul, a realidade mostra quenem todos os direitos têm o mesmo peso em determinadas regiões. "Nem é compatível com o estágio democrático do povo brasileiro que o direito aos serviços básicos do Estado ? saúde, educação, segurança ?não seja consumido na mesma proporção pelos que estão no topo e pelos que estão na base da arquitetura social." Santos reivindica o direito de participação política para todos, de forma livre eassegurada.

O contraditório comportamento do brasileiro também é material de análise para o cientista político. A população está satisfeita com o desempenho do regime democrático do Brasil, mas ao mesmotempo desgostosa com as instituições públicas, como polícia, sistema judiciário, parlamento e burocracia.

Outro comportamento curioso envolve a alta participação eleitoral. O índice de votação éalto, mas, no intervalo entre duas eleições, parece não haver interesse dos eleitores em se relacionar com seus representantes, que ficam soltos para fazerem o que bem entenderem.Depois dessa ampla...
tracking img