Resenha do texto: desigualdade e pobreza no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2304 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DESIGUALDADE E POBREZA NO BRASIL
Resumo:
O trabalho aqui apresentado é um resumo do Texto para Discussão n°800 – “A Estabilidade Inaceitável: Desigualdade e Pobreza no Brasil”, desenvolvido por: Ricardo Paes de Barros, Ricardo Henriques e Rosana Mendonça, membros do IPEA – Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, publicado em julho de 2001. A proposta do trabalho é de realizar um estudo deduas décadas, as décadas de 80 e 90, onde o Brasil apresentou uma enorme desigualdade na distribuição de renda e elevados níveis de pobreza. Investigar a evolução e a natureza da pobreza e da desigualdade de renda no Brasil durante esse período, estabelecendo as inter-relações causais entre essas dimensões. E por fim, procura demonstrar a viabilidade econômica ao combate à pobreza e justificar aimportância de estratégias que não descartem a via do crescimento econômico, mas que enfatizem o papel de políticas redistributivas que enfrentem a desigualdade. Palavras Chaves: Desigualdade. Pobreza. Renda.

The work presented here is a summary of the Text for Quarrel n º 800 - “the Unacceptable Stability: Inaquality and Poverty in Brazil”, developed for: Ricardo Breads of Barros, RicardoEnriques and Rosana Mendonça, members of the IPEA - Institute of Applied Economic Research, published in July of 2001. The proposal of the work is to carry through a study of two decades, the decades of 80 and 90, where Brazil presented an enormous inaquality in the distribution of income and raised poverty levels. To investigate the evolution and the nature of the poverty and the inaquality ofincome in Brazil during this period, being established the causal Inter-relations between these dimensions. E finally, looks for to demonstrate the economic viability to the combat to the poverty and to justify the importance of strategies that do not discard the way of the economic growth, but that they emphasize the paper of redistributivas politics that face the inaquality. Keywords:Inaquality.Poverty. Income.

Abstract

1. INTRODUÇÃO A avaliação da importância relativa da escassez de recursos e da sua distribuição na determinação da pobreza no Brasil mostra que a origem da pobreza brasileira não está na escassez, absoluta ou relativa, de recursos. O que se verificou foi o enorme grau de desigualdade na distribuição de renda estável nas duas décadas estudadas, que se constituiu aprincipal determinante da pobreza no país. O trabalho está organizado em três partes. A primeira parte visa a mensurar a pobreza no país, descrevendo sua evolução nas duas décadas 80 e 90. A segunda procura estabelecer um diagnóstico genérico sobre os principais determinantes da pobreza, documentando em que medida o grau de pobreza observado no país se deve à insuficiência agregada de recursos ou àmá distribuição dos recursos existentes. A terceira e última parte pretende retratar em que proporções as modestas reduções na pobreza observadas no período analisado resultam do crescimento econômico ou da redistribuição de renda. E de acordo com o diagnóstico realizado nas três partes

1 Graduada em Arquitetura e Urbanismo; Paisagismo, Pós-graduanda do Programa de Maestria y Doctorado emRelações Internacionais pelo Instituto de Relações Internacionais da Universidade Nacional de La Plata Argentina. alexandraa.fonseca@gmail.com.

anteriores, como conclusão, destaca-se a necessidade de políticas públicas de combate à pobreza concederem prioridade à redução da desigualdade. Pobreza no Brasil: Qual o seu tamanho? O instrumento usado para reconstruir a evolução da pobreza e daindigência no Brasil ao longo das duas décadas estudadas foi utilizado a análise das Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílios (PNADs) do IBGE. No trabalho, a pobreza é considerada na sua dimensão particular (simplificada) de insuficiência de renda, isto é, há pobreza apenas na medida em que existem famílias vivendo com renda familiar per capita inferior ao nível mínimo necessário para que possam...
tracking img