Resenha do texto "cultura, um conceito antropológico"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1984 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha do texto “Cultura, um conceito antropológico” de Roque de Barros Laraia. Somente a segunda parte do texto intitulada “Como opera a cultura”

1. A cultura condiciona a visão de mundo dos homens
“Segundo Ruth Benedict em seu livro ‘O crisântemo e a espada’ a cultura é como uma lente através da qual o homem vê o mundo. Homens de culturas diferentes usam lentes diversas e, portanto, têmvisões desencontradas das coisas.”
Dessa forma, segundo a autora cada sociedade possui uma cultura diferente, em que se forma os costumes, a diversidade, a maneira de estar no mundo de acordo com as necessidades da mesma, pois isso foi construído sócio- historicamente.
É citado também no texto de Roque Laraia um exemplo que explicita que o diferente para uma cultura já padronizada,assusta. Isto é, causa um tipo de espanto que as pessoas podem ver como afronto ao modo cultural em que vivem e estes podem agir de diferentes formas, sendo algumas: agressões verbais, físicas, psicológicas. Entretanto, esse diferente que uma sociedade estranha, é comum e aceitável em outra sociedade. Como o caso do homossexualismo que na nossa sociedade ainda é rodeado de preconceitos e em algumastribos da planície norte-americana é visto como algo mágico. O homossexual é o mediador entre o mundo social e o sobrenatural.
Desse modo, podemos perceber que para haver história é necessário haver diferenças, pois essa ciência humana é mutável. Assim, se há homem, há razão, pensamentos e atitudes distintos que são acrescidos por um alto poder de criticidade. “O fato de que o homem vê o mundoatravés de sua cultura tem como consequência a propensão em considerar o seu modo de vida como o mais correto e o mais natural. Tal tendência, denominado etnocentrismo, é responsável em casos extremos pela ocorrência de numerosos conflitos.”
O ser humano possui uma tendência ao etnocentrismo. Cada sociedade toma o seu grupo como o centro de tudo. Acreditando que a sociedade do “outro” é aatrasada, e a qual o “eu” pertence é onde se encontram os valores e modelos a serem seguidos.
Tomemos como exemplo a questão da variedade linguística, presente no Brasil. Seu idioma oficial é o português, no entanto, dentro dele, existem variações linguísticas decorridas das suas diferentes regiões. Um pernambucano ao chegar ao Rio de Janeiro e apresentar tal diferença pode sofrer certopreconceito, não ser aceito socialmente, virar motivo de chacota. E isto se dá pelos fluminenses acreditarem que a sua forma de falar é a correta, mais bela. Ou seja, um caso etnocêntrico.

2. A cultura interfere no plano biológico
A cultura pode interferir no campo biológico tanto negativamente, quanto positivamente. Durante o texto, o autor, Roque Laraia exemplifica tais interferências, como: aremoção violenta dos africanos de seu continente (de sua cultura, de seu hábitat) e foram transportados como escravos para uma terra estranha, habitada por pessoas de costumes e língua diferentes. Ao aqui chegar, perdiam toda a motivação para continuarem vivos. Muitos de suicidaram, e outros sofreram do mal de banzo, traduzido como saudade. O banzo é de fato uma forma de morte através da apatia.Outro exemplo é a cura de doenças como ocorre em tribos indígenas e passadas através das gerações por pessoas mais experientes (avós, pais, tios...).
3. Os indivíduos participam diferentemente da sua cultura.
A participação de um indivíduo numa dada sociedade nunca é exercida em sua totalidade, se participa de alguns elementos da cultura. Tal participação pode ser dividida pelo sexo, idade,experiência, especialização, etc.
Com exceção de algumas tribos africanas, é o homem que representa os papéis mais importantes na sociedade. E consequentemente, a maioria das funções. Há também a divisão etária que pode ser por ordem cronológica ou estritamente cultural. É claro para nós, que crianças e idosos não conseguem realizar determinadas funções e trabalhos, ou seja, a divisão etária é...
tracking img