Resenha do livro de beccaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 
YASMIM LORRANE MENDES ROCHA |

[Turma: 5º Vespertino]

TRABALHO ACADÊMICO:
RESENHA DO LIVRO DOS DELITOS E DAS PENAS.

Trabalho Acadêmico apresentado ao cursode Direito da Faculdade do Vale do Itapecuru, como exigência parcial para satisfazer os requisitos da Disciplina de Direito Penal III

Professor: Herbet BarretoCAXIAS-MA
2013

Resenha do livro “Dos e das Penas”

Para acabarem com as guerras os homens acabaram criando penaspara impedir a tirania. Os homens que violassem essas leis eram punidos com as penas.
As penas se tornam mais justos quando a segurança é inviolada as penas são aplicadas em caso de desrespeitos asleis e esta tornou o homem, mas sociável e capaz de viver em harmonia em busca de um meio mais seguro. Por outro lado Beccaria ressalta a contradição para com o estado, em relação à violência contraos cidadãos mais frágeis que o formam, Beccaria afirma que é um abuso ao contrato social.
Em os “delitos e das penas” Beccaria espoem acusações pena de morte contrabando roupo torturas entre outros éuma obra antiga mais que expressa muito bem às contradições da atualidade, ele faz uma abordagem afirmando que “Os castigos cruéis não são atribuídos ao bem público, mas a sua crueldade é inútil”(pag24). Ressalta também o fim do castigo: a expansão do terror nos criminosos. É um erro ingênuo, pois os corações humanos são instáveis e faceiros, fáceis de enganar os sentidos alheios, “a tortura émeio seguro de condenar o inocente fraco e de absorver o celerado robusto” (pag39). Beccaria ainda faz um discurso contra a pena de morte: A soberania e as leis não são mais do que a soma das pequenasporções de liberdade que cada um cedeu à sociedade. Representa a vontade geral, resultado da união das vontades particulares. (pag. 64 – 65).
Beccaria considera a pena de morte como uma mascara da...
tracking img