Resenha criminologia o poder punitivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (752 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Poder Punitivo

Direito Penal Brasileiro: primeiro volume, Teoria Geral do Direito Penal, E. Raúl Zaffaroni, Nilo Batista, Alejandro Alagia, Alejandro Slokar. Rio de Janeiro: Revan, 2003, 2ªedição.


O texto a seguir aborda temas variáveis, dentre eles, explicações de forma de criação da lei penal, críticas ao modo como são aplicadas as leis, inclusive retrata deforma abstrata o quanto opoder aquisitivo influi na penalização sofrida por quem comete o delito.
A criminalização é resumida em duas seções, a primária que vem a ser a criação de uma lei penal, no qual caracteriza o delito,e a secundária que abrange o ato de enquadrar o sujeito ao delito sancionado no Código Penal, ou seja, as forças de milícias presentes nas ruas para garantir que delitos sejam investigados eposteriormente julgados pelos órgãos competentes.
Embora os agentes secundários sejam os responsáveis pela identificação dos infratores e infrações, com ajuda de vítimas, a quantidade de delitos que sãocometidos é desproporcional, se comparada com quantidade que chega a conhecimento dos agentes punidores.
Com a população cada vez mais atenta aos meios de comunicação, assim, mais manipulada e casos quevem à tona na mídia são tratados como se tivessem prioridade, tivessem punição nada lenta e nem branda. Na verdade enquanto estão na mídia são tomadas medidas urgentes, depois de saírem do centro dasatenções quase nada do que foi mostrado é levado à diante como parece.
Atos cometidos por pessoas que não tem acesso à comunicação social são divulgados como únicos delitos e as pessoas desta classesão caracterizados com um perfil de criminoso ou com maior tendência ao cometimento de delitos pela seleção criminalizam-te secundária, vindo esse ser chamado “estereótipo”. Pessoas desaforadas debeleza externa são tidas como criminosas, tendo em vista que a grande maioria das pessoas que residem no sistema prisional tem aparência “feia”, por falta de condições de manter-se em melhores formas....
tracking img