Resenha aprendizes do poder cap 2

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (801 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ABREU, Sergio França Adorno de. A academia de Direito de São Paulo no projeto de construção do Estado Nacional. In: ______. Os aprendizes do poder: o bacharelismo liberal na política brasileira. Riode Janeiro: Paz e terra, 1988, p. 77-89.
Sérgio Adorno é graduado em Ciência Sociais pela Universidade de São Paulo (1974), Doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1984),Pós-Doutorado pelo Centre de Recherches Sociologiques sur le Droit et les Institutions Pénales, CESDIP, França. Autor de mais de cem publicações entre artigos e livros. Atualmente é Professor Titular em Sociologiada FLCH- Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, Coordenador Científico do Núcleo de Estudos da Violência- USP, Presidente da ANDHEP- Associação Nacional deDireitos Humanos- Pesquisa e Pós-Graduação.
A preocupação central do autor é analisar o processo de criação e os debates a cerca da localização da Academia Jurídica no Brasil, no século XIX, e as basesque guiaram o seu funcionamento. De forma que a criação da Academia de Direito no país está diretamente vinculada ao processo de formação do Estado Nacional.
A criação e fundação dos cursosjurídicos no Brasil, na primeira metade do século XIX, foi um processo demorado e gerou muitas discussões política. Tanto a criação da Academia Jurídica de São Paulo, quanto a de Olinda tiveram suas raízesligadas ao processo de independência, de forma que se tornava necessária uma ampliação do quadro político e administrativo legal, uma rearticulação das alianças existentes entre os grupos sociais e umaviabilização da construção de uma cultura jurídica nacional.
A academia foi o caminho para aqueles bacharéis que desejavam seguir a carreira política, de modo que o bom funcionamento da Academiacontribuía para a formação de uma intelligentsia nacional que suprisse as urgências do Brasil pós-independente. Diante desse quadro, o Estado brasileiro ergueu-se como um Estado de magistrados, e o...
tracking img