Relatorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal da Grande Dourados
Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais - FCBA

Relatório Prática ll

Acadêmico: Rafael dias do Amaral
Curso: Biotecnologia - 2° Semestre
Disciplina: fundamentos de química - Prática
Professor: Rafael Aparecido Ciola Amoresi

dezembro/2012
Tema: Eucariontes vegetais – Estudo de células da epiderme do catafilo de Allium cepa.Introdução
As células apresentam uma grande diversidade. Algumas levam uma existência solitária; outras vivem em comunidades; algumas têm formas geométricas definidas; outras têm limites flexíveis. Em vista dessas diferenças, talvez seja surpreendente que só existam dois tipos de células. As células procarióticas (do grego “antes do núcleo”) porque tem muito pouca organização interna visível, de tal modoque o material genético fica livre dentro da célula. Elas também são pequenas, estando a grande maioria entre 1 e 2  µm de comprimento. As células de todos os outros organismos, dos protistas aos mamíferos, aos fungos, e às plantas, são eucarióticas (do grego “com núcleo”). Elas são maiores (de 5-100 µm, algumas podendo ser vistas a olho nu), e estruturalmente mais complexas. Essas células contemuma variedade de estruturas especializadas conhecidas como organelas, rodeadas por uma substância viscosa chamada citosol.
A superfície das células vegetais é formada por, além de membrana plasmática, parede celulósica que é a camada mais externa e espessa, conferindo maior rigidez para célula vegetal. Há também os plasmodesmas que perfuram as paredes celulares de muitos tecidos vegetaiscomunicando uma célula com a outra, alguns vírus de plantas usam os plasmodesmas para passar de célula para célula.
No citoplasma, estão presentes os vacúolos que são organelas envolvidas por uma única membrana, conhecida como tonoplasto. Em geral, as células vegetais adultas apresentam um vacúolo único e grande com a função de armazenar água e outras substâncias. O bulbo da cebola trata-se de um caulesubterrâneo que apresenta túnicas carnudas e sobrepostas. Mesmo assim, não é possível com a ampliação observar muitas estruturas celulares no interior das células da epiderme do catafilo de Allium cepa. Devendo utilizar a técnica de coloração para melhor observação com as substâncias especiais que no caso é o lugol.

Objetivos

* Conhecer a morfologia de uma célula eucariótica vegetal;
*Realizar a coloração de células vegetais;
* Diferenciar material corado e não corado;
* Observar núcleo, citoplasma e parede celular.

Materiais utilizados
* Catáfilo de cebola;
* Placa de Petri;
* Lâmina e lamínula;
* Lugol;
* Papel absorvente;
* Pipeta;
* Pinça;
* Água destilada.

Procedimento A

* Destaquei um pedaço da epiderme do catafilo dacebola;
* Distendi o material sobre uma lâmina com o auxílio de um pincel;
* Pinguei uma gota de água destilada sobre o material distendido;
* Iniciei a colocação da lamínula em posição de 45° em relação a lâmina e abaixei lentamente até que a mesma fique totalmente sobre a lâmina, evitando a formação de bolhas;
* Analisei em aumentos crescentes, utilizando as objetivas de 40x e100x;
* Esquematizei com ampliação total de 400x e 1000x para o relatório, identificando as estruturas celulares reconhecidas.

Procedimento B

* Realizei os mesmos procedimentos 1 e 2 do procedimento A;
* Pinguei sobre o material distendido uma gota de lugol, deixando corar por 5 minutos;
* Iniciei a colocação da lamínula como descrito no procedimento A.
* Analisei eesquematizei com ampliação total de 400x e 1000x para o relatório, identificando as estruturas celulares reconhecidas.

Discussão
1) Quais as estruturas das células da epiderme da cebola que puderam ser observadas?

A parede celular, membrana plasmática e núcleo.

2) O que é muito importante para observação de um material analisado em microscopia óptica (que utiliza luz branca)?

A...
tracking img