Regras ortograficas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1012 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PRINCIPAIS REGRAS DE ORTOGRAFIA
Por: Eduardo Fernandes Paes
A competência para grafar corretamente as palavras está diretamente ligada ao contato íntimo com essas mesmas palavras. Isso significa que a freqüência do uso é que acaba trazendo a memorização da grafia correta. Além disso, deve-se criar o hábito de esclarecer as dúvidas com as necessárias consultas ao dicionário. Trata-se de umprocesso constante, que produz resultados a longo prazo." (Pasquale Cipro Neto & Ulisses Infante, Gramática da Língua Portuguesa).
ORIENTAÇÕES GERAIS
1. Devemos empregar "SS" em todos os substantivos derivados de verbos terminados em "gredir", "mitir", "ceder" e "cutir".
Exemplos:

Agredir / agressão
Progredir / progressão
Regredir / regressão
Transgredir / transgressão
Admitir /admissão
demitir / demissão
omitir / omissão
permitir / permissão
transmitir / transmissão
Aceder / acesso
ceder / cessão
conceder / concessão
exceder / excesso, excessivo
suceder / sucessão
Discutir / discussão
percutir / percussão
repercutir / repercussão

2. Devemos empregar "S" em todos os substantivos derivados de verbos terminados em "ender", "verter" e "pelir".Exemplos:

Apreender / apreensão
ascender / ascensão
compreender / compreensão
distender / distensão
estender / extensão
pretender / pretensão
suspender / suspensão
tender / tensão
Verter / versão
reverter / reversão
converter / conversão
subverter / subversão
Expelir / expulsão
repelir / repulsão



3. Devemos empregar "Ç" em todos os substantivos derivados dosverbos "TER" e "TORCER", mais seus derivados.
Exemplos:

Abster / abstenção
Ater / atenção
Deter / detenção
Manter / manutenção
Reter / retenção

Torcer / torção
Distorcer / distorção
Contorcer / contorção

EMPREGO DO S OU DO Z
1. Os sufixos "ês" e "esa" são empregados na formação de nomes que designam profissão, títulos honoríficos de posição social, assim como em palavrasque indicam origem, nacionalidade.
Exemplos: burguês, camponês, marquês, português, japonês, francês, burguesa, camponesa, marquesa, princesa, portuguesa, japonesa, francesa etc.
2. São grafadas com o sufixo "isa" as palavras que indicam ocupações femininas:
poetisa, profetisa, papisa, sacerdotisa, pitonisa.
3. Os sufixos "ez" e "eza" são empregados para formar nomes abstratos que derivam deadjetivos.
Exemplos:
ADJETIVOS / DERIVADOS

agudo / agudez
escasso / escassez
estúpido / estupidez
límpido / limpidez
gago / gaguez
honra / honradez
inválido / invalidez
intrépido / intrepidez
macio / maciez
rígido / rigidez
sensato / sensatez
sisudo / sisudez
surdo / surdez

avaro / avareza
belo / beleza
certo / certeza
duro / dureza
esperto / espertezajusto / justeza
nobre / nobreza
pobre / pobreza
rico / riqueza
rijo / rijeza
singelo / singeleza

4. COM "Z",
Normalmente, são grafadas palavras derivadas de outras em que já existe o "z", e verbos terminados pelo sufixo "izar", em cujos radicais das palavras que lhes deram origem possuam ou não a letra z.

Exemplos:

balizado (baliza),
arrazoado, razoável (razão),cicatrizar (cicatriz),
envernizar (verniz),
enraizar (raiz)
deslizar (deslize)

canalizar, finalizar, industrializar, organizar, utilizar, arborizar, dinamizar, regularizar, etc.
OBSERVAÇÃO: Os verbos terminados em "isar", com "s", têm apenas como sufixo as letras "ar", pois as letras "is", neste caso, fazem parte do radical da palavra que deu origem ao verbo.
Exemplos:

análise / analisaraviso / avisar
improviso / improvisar
pesquisa / pesquisar

EXCEÇÃO: Apesar de originar-se da palavra "catequese", que possui um "s" em seu radical, o verbo catequizar deve ser grafado com "z", pois a sílaba átona final de catequese foi suprimida para se inserir o sufixo "izar" na formação do verbo.
5. GRAFAM-SE COM "Z"
As palavras derivadas com os sufixos "zada, zal, zarrão, zeiro,...
tracking img