Reciclagem de pet

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2168 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1.0 - LIXO


Hoje no mundo não há assunto mais discutido entre as nações, sociedades e governos do que a Sustentabilidade, nosso mundo mudou de características devido a um descuido do ser-humano.
Tudo aquilo que achávamos não ser mais necessário para uso, jogávamos no lixo, os descartamos para um lugar onde não o veremos mais.
O único problema nessa forma milagrosa desumiço desses materiais, é que nos esquecemos da natureza, cada vez que um dejeto é despejado no solo temos mais de uma substância sendo absorvida perigosamente.
Além do solo, o ar, os mares, rios, entre outros são prejudicados por esse descuido, isso esta sendo retratado pelo que estamos vivenciando hoje, o efeito estufa esta causando mudanças absurdas em nosso ecossistema e atividades naturais.Quando na antiguidade não víamos se falar de terremotos, maremotos, tufões entre outros, hoje é comum em todas as partes do mundo, e quanto mais à população mundial cresce, mais se agrava essa situação.
Podemos tomar como exemplo de motivação e vontade de se fazer o bem a cidade de Boras, na Suécia que tem cerca de 105.000 habitantes, 1.500 indústrias e nenhuma grama de lixodespejado na natureza, os destinos são conversão em energia elétrica, tratamentos biológicos, transformação em biocombustível e o resto é reciclado.



2.0 - SITUAÇÕES DO PET NO BRASIL


No Brasil, a reciclagem de garrafas de politereflalato de etileno (PET) aumentou cerca de 20 vezes nos últimos 16 anos, hoje nosso país é o segundo maior reaproveitador de garrafas PET do mundo, atrásapenas do Japão, e reciclam 253 mil toneladas do material.
Esse número corresponde a um reaproveitamento de quase 56% de todas as garrafas PET no país, mas ainda desperdiçam mais de 100 mil toneladas, por ano deste material, tais dados foram divulgados no último censo realizado pela Associação Brasileira da Indústria do PET (Abipet).
Do total fabricado 68% de todo o refrigeranteproduzido é embalado em garrafas PET, 1 Kg de garrafas PET equivale a 16 garrafas de 2,5 litros ou 20 garrafas de 2 litros ou 24 garrafas de 1,5 litros ou 26 garrafas de 1,0 litros ou 36 garrafas de 600 ml. (Fonte: TOMRA/LATASA- Reciclagem).
Pensando que para cada 1000 Kg de plástico são economizados na natureza 130 litros de petróleo (Dados: Ceadec), torna-se de imensa importância lembrar que omesmo é um combustível fóssil, e quando queimado emite gás carbônico (CO2), o principal causador do efeito estufa.
Importante também tratar do assunto Protocolo de Kyoto, que entrou em vigor no dia 16 de fevereiro de 2005, estipulando que entre 2008 e 2012, países industrializados signatários juntos, devem reduzir em média 5,2% de seus poluentes atmosféricos, especialmente o dióxido decarbono (CO2) etano e o metano (CH4), em relação aos níveis registrados em 1990.
Esse mecanismo internacional foi concebido para lidar com um dos maiores desafios ambientais da atualidade: como restringir as mudanças causadas pelos gases poluentes emitidos na atmosfera pelas atividades humanas.
Por conseguinte, é pretendido atingir uma parcela de mercado interessada em preservar ereutilizar: preservar o meio ambiente reutilizando o material antes descartado, diminuindo assim os níveis de poluição no ar, as enchente causadas por garrafas jogadas no ambiente, doenças como dengue, poluição visual, entre outras.




3.0 - ANÁLISES DO MERCADO DE PET

3.1 - O Setor

O setor de PET movimenta um mercado de 9 bilhões de unidades por ano, Entre os produtos de difícildegradação, a garrafa PET tem sido a grande preocupação dos ambientalistas.
Projeções indicam que o consumo continua crescendo, mas com menores taxas, por outro lado, de forma positiva a reciclagem tem mostrado um crescimento exponencial para compreender estes dados, podemos tomar base às informações de acordo com a Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana), o PET é responsável por 1,4% do...
tracking img