Rarter

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4630 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DE LANÇAMENTO DE NAVIOS EM

CARREIRA LONGITUDINAL

LANÇAMENTO

1. GENERALIDADES
O lançamento de um navio consiste essencialmente em transferi-lo da terra firme
para a água, através do escorregamento num plano inclinado sob a acção do seu
próprio peso.
Tecnicamente trata-se dum problema de natureza puramente dinâmica e a sua
correcta solução apresenta notáveis dificuldades. Noentanto as fases mais
importantes e perigosas do lançamento podem ser estudadas apenas sob o ponto de
vista estático, o que vem introduzir urna grande simplificação nos cálculos a realizar.
Resolver o problema estaticamente consiste em considerar o navio parado em
diversos pontos do seu percurso, estudando o efeito das forças que agem sobre ele
nessas diversas situações.

1. Processos delançamento
Fundamentalmente existem dois processos de lançamento: de popa e lateral.
O lançamento lateral é normalmente usado quando o espelho líquido disponível é
muito limitado, como por exemplo no caso de navios construídos e lançados nas
margens de rios estreitos; o seu cálculo só pode ser efectuado dinamicamente,
apresentando consequentemente notáveis dificuldades. Este facto traduz-se naprática por uma menor segurança neste tipo de lançamentos, motivo porque têm
sido raros os navios grandes lançados por este processo. Apresenta porém a vantagem de provocar menores esforços sobre o casco, relativamente ao lançamento de
popa.
No que se segue será apenas considerado o lançamento de popa.

1.1 Elementos necessários para o cálculo de lançamento
Para efectuar este cálculo énecessário conhecer certas características do navio a
lançar, ter à disposição desenhos e outros elementos do projecto e também conhecer
as características da carreira de construção. Essas características e elementos são os
seguintes:

1.1.1 Navio
a)
b)
c)
d)
e)

Comprimento total
Comprimento entre perpendiculares
Boca máxima no convés
Deslocamento (na altura do lançamento)
Posição doC.G. (na altura do lançamento)

1.1.2 Projecto
a)
b)
c)
d)
e)

Caderno de pesos
Vertical integral ou curvas de Bonjean (preferível)
Carenas direitas e inclinadas
Plano geométrico
Plano de ferros

1.1.3 Carreira de construção
a) Inclinação
b) Comprimento total
c) Largura total

2 CARREIRA DE LANÇAMENTO
Essencialmente a carreira é constituída por duas partes: uma móvel ou berço(sobre a
qual assenta o navio) e uma fixa que assenta na carreira de construção. O contacto
entre estas partes faz-se através de duas faixas longitudinais (cachorros e tábuas de
sebo) dispostas a igual distância do plano de simetria do navio. Normalmente a
parte fixa da carreira prolonga-se de modo a ficar parcialmente imersa.
O escorregamento da parte móvel sobre a fixa é facilitado pelalubrificação das faixas
de contacto.

2.1 Sistema de referência
Para o estudo do lançamento usa-se um sistema de referência tridimensional,
constituído por três eixos ortogonais X, Y e Z com origem em O (Figura 1).

Figura 1

Esquema simplificado do estudo do lançamento

O eixo Z passa pelo centro de gravidade G do conjunto navio e berço e é
perpendicular ao plano que contém a Linha deBase. O eixo X está contido no plano
de simetria do navio. Finalmente o eixo Y é perpendicular ao plano XOZ.
Usam-se os seguintes símbolos para indicar as características da carreira:
α

- ângulo de inclinação da quilha (em relação ao horizonte)

c

- altura da quilha acima da carreira de construção (no plano ZOY)

L1 e L2 - distâncias dos extremos do berço ao plano ZOY
b

- larguratotal das faixas de contacto

n

- número de faixas de contacto

β

- inclinação da carreira de construção (em relação ao horizonte)

To

- altura de água sobre o extremo da carreira

λ - comprimento da parte imersa da carreira
O comprimento total do berço (L1 + L2) é aproximadamente igual a 8/10 do
comprimento entre perpendiculares.
As carreiras de construção podem ter uma...
tracking img