Raonevg

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3240 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO
MERCADO FINANCEIRO
JOSÉ ALBERTO

MERCADO CAMBIAL

SÃO JOÃO DE MERITI
2012

ELISÂNGELA BALTHAR - 200901399437
EMMANUELLE SOARES DE CARVALHO FREITAS – 2011.01.15477-2
JÉSSICA MENEZES –
LUCIA CASTILHONI – 200901062416
LUÍSA MARTINS- 201001171081

MERCADO CAMBIAL

Trabalho apresentado ao curso de Administração da Universidade Estácio deSá como requisito parcial para a obtenção da nota da AV 2 da disciplina de Mercado Financeiro, sob a orientação do Prof. José Alberto.

SÃO JOÃO DE MERITI
2012

MERCADO CAMBIAL
Entende-se por taxa de câmbio o preço de uma moeda estrangeira qualquer medido em unidades ou frações da moeda nacional. Como ocorre praticamente em todo mundo, a moeda mais utilizada em tal operação é o dólar, fazendodessa moeda a referência usual de cotação a ser utilizada no meio financeiro nacional e mundial. Em outras palavras, a taxa de câmbio funciona como uma espécie de unidade de peso ou medida a ser aplicada no campo econômico, servindo assim como referência do custo de uma determinada moeda em relação a outra qualquer. As cotações apresentam taxas para a compra e para a venda da moeda, assumindomaior ou menor valor com a evolução das transações financeiras do dia. O ambiente onde se realizam as operações de câmbio é denominado “mercado de câmbio”, responsável por conectar os interesses dos diversos agentes em negociar moedas estrangeiras, comprando e vendendo de acordo com suas necessidades. Os responsáveis pelo fornecimento das moedas são agentes autorizados pelo Banco Central para operaremem tal setor financeiro, sendo incumbidos de repassar estas divisas aos clientes que as necessitam (empresários, empreendedores, comerciantes, etc.).
HISTÓRICO CAMBIAL
O Brasil tem uma longa história de restrições sobre operações de câmbio. Até o final da década de 80 podíamos descrever o regime cambial brasileiro como aquele onde havia um mercado “oficial” inteiramente regulado pelo BCB, eoutro denominado “paralelo”, onde a moeda estrangeira era negociada com regras de mercado, ainda que de forma ilegal. A explicação para a existência destes dois mercados seria, em síntese, as dificuldades crônicas de balanço de pagamentos que exigia o racionamento de divisas, taxa de câmbio administrada e frequentemente defasada e pouca mobilidade de capitais internacionais.
Em virtude da extremaescassez de moeda estrangeira, o acesso a ela era limitado a operações consideradas prioritárias para o país, bem como foram estabelecidos diversos limites quantitativos para sua aquisição. Diante dessa delicada situação optou-se por adotar um modelo cambial caracterizado pelo monopólio do câmbio exercido pelo BCB. Como seria impossível ao BCB realizar diretamente todas as operações de câmbio, comtodas as pessoas físicas ou jurídicas brasileiras, o mesmo autorizava e credenciava instituições financeiras a operarem em seu nome, editava as normas que deveriam ser observadas e fiscalizava o seu cumprimento.
Esses controles sobre as operações de câmbio se, por um lado, facilitaram o enfrentamento de crises cambiais, por outro, fizeram com que desenvolvesse um “mercado paralelo”, no qual passarama ser atendidas as demandas associadas a transações que, de alguma forma, sofriam restrições no mercado oficial. Em qualquer mercado onde existe racionamento na oferta da mercadoria haverá naturalmente tendência para o surgimento de um mercado negro onde essa mercadoria, neste caso a moeda estrangeira, é transacionada com ágio. (BCB, 1993).
A existência desta dualidade se devia a pelo menos trêscircunstâncias importantes. Uma delas era que a década de 80 se caracterizou por crises cambiais e dificuldades de fechamento do balanço de pagamentos brasileiro, fatos que levaram à criação de um arcabouço legal e normativo com o objetivo de canalizar todo superávit gerado no referido balanço para a recomposição das nossas reservas internacionais. Outra era que a taxa de câmbio oficial...
tracking img