Quimica analitica omeprazol

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1198 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O omeprazol, fármaco originalmente desenvolvido como racemato e empregado como redutor de secreções gástricas nos estados de refluxo gastro-esofágico e úlceras gástricas e duodenais, está sendo agora também comercializado como enantiômero puro, (-)-(S), em razão de sua maior biodisponibilidade em relação ao racemato e por ter resultado em menor variabilidade do pH intragástrico, comprovando suamaior eficácia no controle da secreção ácida estomacal21.

O que são racematos?
Na química organica, quando se sintetiza moléculas sempre ocorre a geração da molécula desejada e outra que apesar de possui mesma formula molecular possui conexões de radical diferentes (isomeros constitucionais), apesar de diferença ser apenas a posição de um radical o estrago pode ser grande em se tratando deremédios, a Talidomida usada na decada de 1970 por meulheres gravidas para conter o enjoo possuia a molécula desejada e um isomero, com o passar do tempo notou-se um grande numero de ocorrencias de mutações nas crianças que nasciam. Um racemato é a mistura de muléculas isomeras constituconais que quando passadas em um polarimetro de dividem em 50% moléculas desejadas e 50% moléculas isomeras.Aliás, isômeros são duas substâncias de mesma fórmula, porém de estruturas, portanto constituição, diferentes.

- INIBIDORES DA BOMBA DE PRÓTONS (IBP) - EX: OMEPRAZOL!!!
São pró-fármacos considerados os supressores mais potentes da secreção de ácido gástrico. Nas doses habituais esses fármacos diminuem a produção diária de ácido em 80% a 95%. Estes se acumulam nos canalículos secretores ácidos etem como mecanismo de ação a inibição irreversível da bomba de prótons.
Isso se dá do seguinte modo, no estômago as células parietais possuem receptores para K+, Cl- e Na+ além da bomba de prótons. A bomba realiza transporte ativo, fazendo com que o íon H+ seja posto para fora da célula e reaja com o íon Cl‾ para formar o ácido clorídrico. Por conseguinte, o inibidor da bomba de prótons se ligaráa mesma impedindo que o íon H+ não saia da célula, não havendo assim a formação de ácido clorídrico (SILVA, 2006).
A diminuição da produção de ácido é muito elevada, porém, não chega a 100%, pois ainda haverá na célula uma pequena quantidade de íons hidrogênio para a formação do ácido clorídrico. Isso significa que essa inibição não causará tantos problemas a nível celular.
Os inibidores debomba de prótons são revestidos, porque eles atuam no interior da célula, mais para isso o fármaco deve passar pelo estômago, o qual apresenta uma acidez muito elevada. Desse modo, se o fármaco não fosse revestido iria ser degradado no próprio estômago não realizando sua ação. Por conseguinte, quando o fármaco chega ao interior da célula perde esse revestimento e libera a substância ativa para seligar na bomba.
Os fármacos dessa classe são: Omeprazol (20mg/dia), Pantoprazol (40mg/dia), Lansoprazol (30mg/dia), Rabeprazol (20mg/dia). Sua farmacocinética envolve a administração via oral, realizada cerca de 30 minutos antes das refeições (usualmente antes do café da manhã), pois o estômago ainda tem que ter algum conteúdo para que o fármaco possa passar por ele, chegar até os canalículossecretores para atuar a secreção ácida permanece suprimida por 24 a 48 horas. Caso já tenha sido feita a refeição deve-se administrar uma hora após a mesma, porque ainda haverá um pouco de conteúdo no estômago. A doença hepática reduz a depuração do omeprazol e lansoprazol, devido ao fato de serem pró-fármacos e necessitarem do metabolismo hepático para serem ativados, então se o paciente tiver algumadoença hepática não conseguirá metabolizá-lo (SILVA, 2006).
Os inibidores da bomba de próton são instáveis em pH baixo. As formas de dosagem oral (liberação lenta) são fornecidas como grânulos com cobertura entérica encapsuladas em uma camada externa de gelatina (omeprazol e lansoprazol) ou como comprimidos com revestimento entérico (pantoprazol e rabeprazol). Os grânulos se dissolvem apenas...
tracking img