Qualidade de vida no trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2489 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O nível competitivo entre as empresas é cada vez mais intenso. Para aprimorar a competitividade as empresas estão criando novos relacionamentos com os fornecedores, mudando radicalmente suas operações internas ou estruturas além de procurar desenvolver produtos de alta qualidade e tecnologia.
Por este motivo, empresas optam por investir na Qualidadede Vida no Trabalho, devido a sua importância para o sucesso da mesma, além da motivação total de seus colaboradores. Bons salários, não são mais a única opção que levam a um funcionário optar por uma empresa, mas sim como ele é tratado, cuidado dentro desta. Sua saúde, por exemplo, hoje tem mais valor para ele e para a organização do que antes, afinal, absenteísmo, é prejuízo financeiro.O enfoque deste trabalho baseia-se justamente em analisar a importância da QVT dentro das organizações, seus benefícios e sua aplicação.


















CONCEITO


Segundo Maximiano (2000) Qualidade de vida no Trabalho (QVT) envolve muito mais do que teorias tradicionais de motivação. A QTV baseia-se em uma visão integral das pessoas, denominadoenfoque biopsicossocial, originado da medicina psicossomática, que propõe a visão integrada, ou holística, do ser humano. As teorias convencionais da motivação preocupam-se predominantemente com a satisfação das pessoas, sem abordar explicitamente o stress, estado este, que está ligado diretamente ao trabalho. Atividades que requerem exaustivo esforço físico, ou que são alienantes, ourealizados em ambiente de tensão, produzem efeitos psicológicos negativos, mesmo que a pessoa esteja fisicamente bem.
Para Chiavenato (1999) atualmente, o conceito de QVT, envolve tantos aspectos físicos e ambientais como os aspectos psicológicos do local de trabalho. Assim, a QVT visualiza de um lado, a reivindicação dos empregados quanto ao bem-estar e satisfaça no trabalho, e de outro lado, ointeresse das organizações quanto aos seus efeitos potenciais sobre a produtividade e a qualidade.
O Conceito de QTV implica um profundo respeito pelas pessoas. Para alcançar níveis elevados de qualidade e produtividade, as organizações precisam de pessoas motivadas, que participem ativamente nos trabalhos que executam e que sejam adequadamente recompensadas pelas suascontribuições. A Competitividade organizacional, e obviamente, a qualidade e produtividade, passam obrigatoriamente pela QVT, pois para entender bem o cliente externo, a organização não deve esquecer o cliente interno. Isto significa que, para satisfazer o cliente externo, as organizações precisam antes satisfazer os seus funcionários responsáveis pelo produto ou serviço oferecido. A organização queinveste diretamente no funcionário investe no cliente, uma vez que a gestão da qualidade total nas organizações depende fundamentalmente da otimização do potencial humano, e isto depende de quão bem as pessoas se sentem trabalhando na organização.
A satisfação dos funcionários e a práticas das empresas são classificadas, segundo Maximiano (2000) em quatro categorias principais:Organizacional, social, psicológica e biológica. Cada categoria dividi-se em diferentes indicadores específicos. O quadro a seguir, representa uma relação dos principais indicadores que correspondem à prática das empresas em cada uma dessas categorias.


Figura 1. Indicadores de Qualidade de vida no Trabalho
|CATEGORIAS DE INDICADORES |INDICADORES ESPECÍFICOS|
|Organizacional |Tratamento ético dos funcionários |
| |Planos de carreira igualitários |
| |Clareza das políticas e procedimentos...
tracking img