Qualidade de vida no trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7578 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
A globalização econômica, os riscos e as oportunidades que dela decorrem, incorporou-se definitivamente à agenda de todas as organizações contemporâneas, sendo considerada uma necessidade vital para a continuidade dos negócios. O esforço empreendido pelas organizações em sobreviver e propiciar aos investidores, altos índices financeiros e econômicos, tem sido muito intenso e abusca por resultados tornada cada vez mais desafiadora. Pode-se afirmar que as organizações têm exigido progressivamente de seus funcionários a capacidade de suportar cobranças e viver incessantemente sob pressão, sendo enorme o desgaste e o sacrifício impingido pelo trabalhador moderno.
A qualidade de vida no trabalho é dos novos desafios para a administração contemporânea que afetadiretamente a vida dos indivíduos e, por conseguinte os resultados das organizações. Percebe-se que as organizações estão assimilando seus funcionários como elementos estratégicos para obterem vantagem competitiva no mercado. Com isso, torna-se quase uma obrigação às organizações, a missão de investir em Programas de Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT) para aprimorar a qualidade de vida de seusfuncionários. Visando assim, melhorar o bem-estar dos funcionários, aumentar a capacidade produtiva e, consequentemente, ampliar os índices financeiros e econômicos.
Este estudo propõe uma reflexão sobre a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) como ferramenta de gestão, com a finalidade de apresentar os fatores que influenciam a qualidade de vida no trabalho das organizações. Esse tema adquiriuum papel estratégico no processo de modernização das organizações e requer, para seu desenvolvimento, uma completa integração entre pessoas e funções. O gerenciamento contribuiu de modo significativo para as atividades das organizações, uma vez que envolve a motivação e comprometimento de todos os colaboradores, para aumentar a produtividade, combater o desperdício e influenciar nacompetitividade.
Para apresentação desta reflexão, será apresentado um estudo com base em uma pesquisa bibliográfica. O primeiro capítulo abordará a origem e a evolução da Qualidade Vida no Trabalho (QVT), enfatizará a contribuição de alguns pesquisadores, ao longo do século XX, para estudo do assunto, conceituará a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) e abrangerá as áreas com as quais o tema fazinterface. O segundo capítulo destacará as dificuldades e os obstáculos para implementação, nas organizações, de Programas de Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT) e analisará as perspectivas e desafios para a consolidação da Qualidade Vida no Trabalho (QVT) nas organizações. E finalmente, o terceiro capítulo ressaltará a necessidade de transformar o ambiente de trabalho em um local aprazível, aonde oscolaboradores consigam sentir a satisfação e alegria na execução de suas atividades profissionais.
Neste contexto, o estudo procura estabelecer um diálogo do tema “Qualidade Vida no Trabalho (QVT)” com o campo de Gestão de Pessoas. No âmbito coorporativo, a intenção é contribuir para a avaliação das práticas organizacionais das organizações que possuem ou não Programas de Qualidade de Vidano Trabalho (PQVT) implementados. Para as organizações que pretendem implementar o programa, acredita-se que este estudo possa trazer uma reflexão sobre o papel da Qualidade Vida no Trabalho (QVT) na gestão contemporânea. Espera-se que o referencial teórico motive as organizações a considerar o assunto com relevância em suas discussões estratégicas.CAPÍTULO I
1 QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO
1.1 A Origem e a Evolução da QVT
A qualidade de vida sempre foi objeto de preocupação da raça humana. Historicamente, Euclides (300 a.C.) de Alexandria usou os princípios da geometria como inspiração para a melhoria do método de trabalho dos agricultores a margem do Nilo, assim como a Lei das Alavancas, de...
tracking img