Psicossocial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4865 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Repensando a perspectiva institucional e a intervenção em abrigos para crianças e adolescentes
Dorian Mônica Arpini1
Departamento de Psicologia, UFSM

RESUMO
O trabalho faz uma reflexão sobre a realidade institucional de abrigo para crianças e adolescentes, mostrando, através do discurso de adolescentes, como os mesmos a representam, bem como a importância de repensar, recuperar e investirno universo institucional superando os estigmas que acompanham a realidade das instituições como lugar do “fracasso”, permitindo que a mesma seja vista como um local de possibilidades, de acolhimento, de afeto e proteção, objetivo, aliás, que determinou sua origem. Dentro dessa perspectiva, o texto enfatiza a importância da intervenção da Psicologia nas instituições, auxiliando as mesmas através deum trabalho de assessoria no enfrentamento dos preconceitos, dificuldades e conflitos que caracterizam seu funcionamento.
Palavras-chave: Instituições de abrigo, Crianças e adolescentes, Intervenção.

ABSTRACT
This paper makes a reflection about the institutional reality of shelters for children and adolescents showing through the speech of adolescents as they themselves show it and theimportance of rethinking, reclaiming, and investing in the institutional universe as well, overcoming the stigmas that accompany the reality of institutions as a place of “failure”, permitting it to be seen as a place of possibilities, acceptance, affection and protection, which as a matter of fact determined its origin. Under this perspective the text emphasizes the importance of the intervention ofPsychology in the institutions helping them through an advisory work regarding the act of facing prejudice, difficulties and conflicts that characterize its operation/functioning.
Keywords: Shelter institutions, Children and adolescents, Intervention.

Este artigo é parte das reflexões produzidas no trabalho desenvolvido na tese de doutorado intitulada: “Sonhar a Gente Sonha”: Representações deSofrimento e Exclusão em Adolescentes em Situação de Risco2. Utilizamos neste trabalho uma metodologia qualitativa, a história de vida, junto a adolescentes em situação de risco da cidade de Santa Maria/RS.
A temática da tese de doutorado foi despertada em função de nossa participação, por dois anos, em projetos de extensão na Universidade Federal de Santa Maria junto a essa população. Essesprojetos, que eram denominados “Meninos no Campus” e “Meninas na UFSM”, objetivavam propiciar um atendimento integral a adolescentes em situação de risco, vítimas de abandono, exclusão e violências, visando a minimizá-las e a contribuir também para a inserção sociocultural dos adolescentes. O projeto era desenvolvido no turno da tarde, de segunda a sexta-feira, com ações diversificadas, desdeatividades laborais e participação em oficinas nos diferentes departamentos envolvidos no projeto como Música, Educação, arte, esporte, Psicologia, Informática, entre outros. O projeto também oferecia transporte e alimentação no restaurante universitário. A cada ano eram integrados de 12 a 15 adolescentes em cada um dos projetos acima referidos. A atividade da Psicologia constituía na realização degrupos semanais, onde se oferecia um espaço de integração das diferentes atividades realizadas no projeto, juntamente com a busca de alternativas que viabilizassem a superação das dificuldades e obstáculos que emergem da própria tarefa, assim como integrar os participantes do projeto facilitando a troca de experiências e o relacionamento grupal. As manifestações afetivas e as angustiantescaracterísticas da adolescência também eram trabalhadas no grupo.
Os adolescentes que integraram os projetos eram indicados pelos conselhos tutelares, sendo a freqüência à escola um dos requisitos obrigatórios.
Em nossa pesquisa de doutorado, a decisão de que os sujeitos de nosso estudo pertencessem aos projetos acima referidos foi baseada no fato de que já os conhecíamos em nossa prática de trabalho,a...
tracking img