Psicopedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2856 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
“PSICOPEDAGOGIA: UM OLHAR DIFERENCIADO PARA A APRENDIZAGEM”

A Psicopedagogia organizou-se no país por volta dos anos 50 e 60, com a divulgação da abordagem psiconeurológica do desenvolvimento humano, largamente difundida nessa época em nosso meio. Inicialmente, os profissionais psicopedagogos ficaram mais restritos a essa linha de análise. Na década de 90, as contribuições da Sociolinguísticae da Psicolinguística, as novas abordagens teóricas sobre o desenvolvimento e a aprendizagem, bem como as inúmeras pesquisas sobre o peso dos fatores intra-escolares na determinação do fracasso escolar, tem oferecido aos profissionais psicopedagogos uma visão mais crítica e abrangente de seu próprio trabalho. Há alguns anos atrás, a falta de clareza a respeito de problemas de aprendizagemfazia com que os alunos com dificuldades fossem encaminhados concomitantemente para profissionais das mais diversas áreas de atuação. Pouco a pouco, foi se criando a consciência da necessidade de uma formação mais globalizante e consistente, que unisse a ação educacional na figura de um único indivíduo, apto para integrar conhecimentos e para atuar de maneira mais objetiva e eficaz. Assim, osatendimentos antes dispersos entre várias pessoas poderiam centrar-se num só profissional, facilitando o vínculo do aluno com o processo de aprendizagem e o resgate do prazer de aprender e desenvolver-se.
Entendemos que uma ação psicopedagógica desempenha um papel importante sobre os problemas reais de aprendizagem. Ao mesmo tempo, percebemos que a Psicopedagogia, inicialmente restrita ao atendimentoem clínicas particulares, pouco a pouco vem se ampliando e contribuindo também para a diminuição dos problemas de aprendizagem nas escolas e para a redução dos altos índices de fracasso escolar. Por não saberem ao certo como definir o problema de aprendizagem, a escola confunde, por exemplo, uma simples inversão de letras, ocorrência normal ao processo de aprendizagem e atribuem à criança umestigma que será tanto maior, quanto mais baixo for o seu nível sócio-econômico.
A escola cai ainda no extremo oposto quando, por falta de conhecimento adequado, ignora os problemas cuja resolução foge ao seu alcance, escondendo-se atrás de uma máscara de bons sentimentos e idealismo, acaba por discriminar da mesma forma os alunos que tem problemas e não são tratados. Dessa maneira, bloqueia qualqueriniciativa para prevenir, suprimir ou reduzir o sofrimento de algumas crianças. Não compreende suas dificuldades, nem intervém de forma eficaz para eliminá-las.
É importante, ainda, considerar que existe na escola um espaço de trabalho que, na maioria das vezes, não vem sendo preenchido. Esse espaço deve ser ocupado por uma liderança competente, capaz de atuar junto ao professor e de buscar, comele, sua revalorização. Isso só será possível se o profissional da educação tiver acesso às informações das várias ciências, como a Pedagogia, a Psicologia, a Sociologia, a Psicolinguística, de forma a atingir um conhecimento profundo, que deve estar vinculado à realidade educacional brasileira, possibilitando-lhe uma visão global do aluno.
No que diz respeito ao fracasso escolar, é defundamental importância instrumentalizar o professor para lidar com essa questão, tornando acessíveis os conhecimentos necessários para o trabalho com as dificuldades de aprendizagem. Para isso, é necessário que o professor consiga subsídios para definir os limites e as possibilidades de sua ação profissional. Dessa forma, sem patologizar os problemas de aprendizagem, nem propor encaminhamentos inúteis,saberá detectar os casos que realmente necessitam um atendimento mais individualizado.
Existe uma nova concepção, onde faz-se urgente que a Psicopedagogia amplie seu campo de ação, sempre considerando as dimensões pedagógicas, sociais e políticas do fracasso escolar, a fim de alcançar as populações de estudantes que penetram em nossas escolas e não conseguem aprender.
Ao lado disso, notamos...
tracking img