Psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4320 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
“ ADOLESCENTE, que no início gostaria de salvar o mundo, acaba querendo salvar o país e depois decide salvar sua cidade, chegando a se conformar em conseguir apenas se salvar, numa energia que se movimenta em direção à agonia e morte dos seus ideais ... “




















INTRODUÇÃO TEÓRICA:



O Ser Humano está sempre em um constante processo de busca desi mesmo. É algo inerente à condição humana e que nos torna, assim, seres diferenciados e em desenvolvimento que podemos chamar de “Vir-a-ser” (Ciampa, 1992).
Numa visão dinâmica do desenvolvimento, pode-se dizer que a criança, ao nascer inicia seu processo de adaptar-se ao meio: é preciso reagir, respirar, perceber o mundo externo. Isto acontece desde o momento que se corta ocordão umbilical, mas a criança, embora já seja um ser separado, com seus dons inatos, cujas potencialidades ainda não se realizaram, não tem consciência disto e portanto acredita que sua mãe e ela própria constituem uma mesma pessoa . Porém, aos poucos, a criança vai realizando a individuação progressiva de sua estruturação psíquica entre o seu próprio corpo e a 1ª representação de mundo externo que éo corpo materno.
Será a partir deste processo de individuação que o Ser Humano vai construindo sua identidade . É só a partir do momento em que a criança diferencia o EU do NÃO EU que ela vai conhecendo a si própria e entendendo que ela é um ser e sua mãe é outro, e posteriormente, que ela é um ser inserido num contexto social, com diferentes e vários indivíduos interagindo entre si .Segundo Mc Dougall (1996), o caminho da individuação é tortuoso e cheio de “emboscadas” para qualquer pessoa, pois ela precisa ir lidando com as angústias e frustrações que ocorrem durante seu processo de desenvolvimento . Porém uma parte da identidade do indivíduo ficará ligada, para sempre, àquilo que ele representa para um outro, pois a identidade subjetiva é determinada por duasdimensões : “àquilo que é parecido comigo” e “àquilo que é diferente de mim”. O que ressalta a idéia de entender, a criança, o adolescente ou o adulto como pertencente a uma família, uma comunidade, um grupo.
A adolescência é uma etapa evolutiva do Ser Humano e nela culmina todo o processo maturativo do indivíduo, e portanto, para se entender a adolescência é fundamental seconsiderar os aspectos Biológicos, Psicológicos, Sociais e Culturais .
A adolescência vem sendo considerada o momento crucial do desenvolvimento do indivíduo, é a etapa que marca, não só a aquisição da imagem corporal definitiva, como também a estruturação final da personalidade. É uma idade não só com características biológicas próprias, mas com uma Psicologia e até mesmo uma Sociologiapeculiar (Osório, 1992).
A Puberdade, ou seja, as alterações biológicas no corpo (especialmente os denominados caracteres sexuais secundários: surgimento dos pelos, mudança de voz, crescimento das glândulas mamárias, etc ...), pode ser considerada como uma 1ª fase ou momento da adolescência, porém não são aspectos dissociados . Há um paralelismo, no tempo e espaço, entre puberdade eadolescência, portanto, a diferenciação entre ambos é muito mais didática do que real. O que existe é uma interdependência e uma concomitância . A diferenciação serve apenas para mostrar que a puberdade tem uma duração menor, pois estaria concluída com o fim do crescimento físico e o amadurecimento gonodal(permite a execução plena das funções reprodutivas), em torno dos 18 anos . Já a adolescêncianão possui um término definido, pois ela depende de uma série de fatores sócio-culturais para se caracterizar (Osório, 1992) .
A forma como os indivíduos formam a sua imagem corporal (representação condensada das experiências passadas e presentes, reais ou fantasiadas, do corpo do indivíduo) possui uma divisão entre corpo/mente, EU/OUTROS, biológico/psicológico,...
tracking img