Psicologia organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1987 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO

A atualização do psicólogo nas organizações frequentemente tem sido objeto de estudo entre os profissionais que a exercem e entre os estudiosos ligados às empresas e instituições. Pode-se observar que a pratica no campo da psicologia do trabalho é ampla e vem crescendo com, a necessidade frente às transformações ocorridas nos contextos econômicos, social, político e cultural noBrasil e no mundo.
A atual visão da Psicologia Organizacional está estritamente relacionada com seu contexto histórico. “O psicólogo ainda é visto como um profissional restrito à relação de pessoal ou, quando muito, ao treinamento e avaliação de desempenho.”
Perante a rela situação da pratica do psicólogo nas organizações e a visão, por vezes deturpada, por outras, verdadeira, dos demaisprofissionais frente à Psicologia Organizacional, este trabalho tem por objetivo, por meio do levantamento bibliográfico, apresentar u breve histórico da mesma, no sentido de compreender a realidade atual, passando pelo conceito desenvolvido por alguns autores sobre a Psicologia Organizacional.



































2. A PSICOLOGIA

Desde que se temconhecimento do homem sobre a face da terra, tem-se o registro de seu desejo por se conhecer. A Psicologia é fruto desse desejo. Como a maioria das ciências, seu berço é a Filosofia e é na Grécia antiga que ela se desenvolve. Os filósofos gregos preocupados com o saber estudavam todos os setores do conhecimento, o que os levou a especular sobre os mais diversos aspectos da vida humana e do universo.Vários temas das suas especulações são abordados hoje pela Psicologia.

O próprio termo psicologia é formado pelas palavras gregas: psique, que significa alma (e alma era entendida com a face da vida, o que dava vida ao corpo), e logos, que significa estudo ou conhecimento. Portanto, enquanto origem, a palavra traduzida literalmente significa da alma.

Com o passar do tempo, a apalavra alma foiadquirindo inúmeras conotações, tornando-se inadequada, e o termo mais apropriado para definir o campo de estudo da Psicologia, que mantém a ideia de dar ao corpo ou tira-lo de um estado inerte, é comportamento. Hoje, embora alguns autores apontem diversos objetos de estudo para a Psicologia, como consciência, personalidade, inconsciente, entre outros, todos, sem exceção, se expressam nocomportamento. Portanto, o objetivo de estudo da Psicologia é o comportamento. Não é possível dissociar a pessoa do comportamento.

Considera-se comportamento toda e qualquer ação: pensar, andar, odiar, falar, escrever, administrar, correr, gritar, estudar, cantar, aprender, esquecer, amar, trabalhar, sonhar etc. O que a Psicologia busca compreender é por que uma pessoa comporta-se de uma maneira e não deoutra. Identificando as variáveis que controlam os comportamentos humanos, aumenta-se a possibilidade de interferir sobre elas e dar rumo mais adequado à vida das pessoas e das organizações.




2.1 A Psicologia Organizacional

A área da Psicologia que se aplica ao gerenciamento de pessoas é a Psicologia Organizacional, que tem por objetivo a atualização dos princípios cientifico docomportamento humano nas organizações.
Toda e qualquer organização é composta por pessoas. São as pessoas que compram,vendem,trocam, negociam,erguem empresas, afundam empresas, enfim, que se comportam e fazem as coisas acontecerem nas organizações. São elas que fazem com que os objetivos organizacionais sejam ou não atingidos.
Um dos aspectos do comportamento humano, cujo estudo tem sido incentivadona atualidade, é aquele que procura entender com as pessoas vivem e resolvem seus problemas dentro do seu contexto de trabalho. Diferentemente da tecnologia, das finanças e da comercialização, a administração das empresas tem deixado claro que o elemento humano se caracteriza como favor preponderante na facilitação ou comprometimento da chegada aos objetivos organizacionais.
A história da...
tracking img