Psicologia organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3229 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O Papel da Psicologia nas Organizações e o Psicólogo Dentro da Organização
O Papel Da Psicologia Nas Organizações

O advento da revolução industrial trouxe consigo um problema gerado pelo descaso com o trabalhador que era visto mais como máquina da empresa do que como ser humano real e que necessitava de condições mais salutares de trabalho. Na época os trabalhadores eram forçados a trabalhar16 a 18 horas diárias para conseguirem sobreviver e mesmo assim sua condição financeira era caótica e de subsistência, tendo poucas possibilidades de desenvolvimento profissional e pessoal, não conseguindo acesso aos estudos, lazer e outras necessidades básicas para uma qualidade melhor de vida. Com a disseminação da psicanálise pelo mundo (graças a Sigmund Freud, o pai da psicanálise), muitosramos das atividades humanas foram aderindo, lentamente à inclusão da psicanálise em suas atividades, no começo mais como uma forma de ganhar mais dinheiro do que realmente pensando nas necessidades dos trabalhadores. Através de vários estudos e experiências, a psicanálise foi se mostrando cada vez mais eficiente, trabalhando um lado importante das organizações que é seu capital intelectual, sendoque, como mostraram algumas experiências, o desempenho dos funcionários aumentava quando eram ouvidos e quando recebiam melhores condições de trabalho. É lógico que muitos fatores externos contribuíram para que tudo funcionasse; como a redução da carga horária de trabalho e outras aquisições da classe trabalhadora. Porém, muito do que se vê hoje em matéria de desenvolvimento pessoal nas empresas,se deve à aplicação da psicologia.

O Psicólogo Dentro da Organização
Como se caracteriza a atuação do psicólogo nas organizações? Que problemas e perspectivas a cercam? Essas questões reportam-se a uma realidade conhecida e sobre a qual não pretendemos nos ocupar neste momento. Em um novo estudo que acabamos de realizar sobre tendências de emprego na Psicologia para o Conselho Federal dePsicologia, os dados revelam que os psicólogos no geral, e o psicólogo organizacional em particular, independente do tipo de instituição em que se graduou, prestam à sociedade um tipo de serviço bastante homogêneo. Os psicólogos organizacionais continuam sendo, dentro da categoria, aquele grupo com condições de emprego mais favoráveis, que mais se aproximam do conceito de "assalariados," e envolvidoscom as atividades de recrutamento, seleção e treinamento.
* Dois grandes problemas são, normalmente, vivenciados pelos psicólogos nas organizações:
1. O Reduzido poder de definir estratégias organizacionais - embora as organizações sejam grupos humanos, as grandes decisões acerca de como lidar com o elemento humano são tomadas por administradores, economistas, sem a participação efetiva dopsicólogo. O seu confinamento a áreas tradicionais de atuação os leva ficar restritos a uma atuação técnica fragmentada-selecionando, treinamento - sem uma visão integral do trabalhador e de sua vida no trabalho. Aquilo que em outras oportunidades tem sido denominado "modelo restrito de atuação profissional".
2. Os desafios do trabalho técnico propriamente dito, com os constantesquestionamentos da sua eficácia organizacional, a falta de avaliação criteriosa, a freqüente interferência de "modismos" passageiros e assim por diante.
As perspectivas de equacionamento destes problemas são tão complexas quanto os problemas em si. Envolve um profundo esforço do próprio profissional para qualificar-se, atualizar-se, ampliando o seu domínio de conhecimentos e tecnologias de forma a conquistarespaços mais significativos nas organizações. Requer, sem dúvidas, mudanças mais radicais nas estruturas das organizações de forma que o fator humano seja, efetivamente, uma prioridade dos sistemas administrativos. Isso, por sua vez, está condicionado a mudanças sociais, políticas e culturais mais abrangentes e que não descortinamos no nosso horizonte imediato. Tais mudanças dependem, ainda, do...
tracking img