Psicologia medica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1120 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Da psicologia médica

A psicologia médica esconde uma pluralidade de concepções.
Em 1922, Ernst Kretschmer, considerado o “patriarca da psicologia médica”, aplica essa denominação a uma disciplina especial. Para Kretschmer, o médico de espírito aberto sente no seu aprendizado uma dupla lacuna. Ele necessita de uma psicologia surgida da prática médica e que se destina aos problemas práticos desua profissão. Além disto, a busca da psicologia corresponde freqüentemente ao desejo do médico de penetrar na região espiritual da psicologia do reconhecimento nos problemas éticos e estéticos da vida dos povos, ligando organicamente seu círculo de pensamentos médicos e de ciências naturais ao horizonte da ciência espiritual.
Para Shneider, a meta primordial da psicologia médica consiste eminstruir psicologicamente o médico com o intuito de que dessa forma ele possa melhor compreender o paciente. Na verdade, pode-se dizer que o conhecimento e a aprendizagem da psicologia médica resulta além da aquisição de conhecimento, uma preparação humana para o exercício da medicina, e no caso de um aluno de psicologia, implica também a personalidade do aluno. Assim, se o aluno acaba o curso depsicologia sem haver mudado em nada suas atitudes, se impõe uma revisão do procedimento.
Delay & Pichot conceituam a psicologia médica como uma atitude ante a doença e o doente, uma atitude interna que cumpre ao médico aprender a lidar, ampliar e aprofundar, quanto possível, sua capacidade de compreensão, não apenas para a sondagem de correlações admissíveis entre enfermidade-enfermo, mas paraconhecer melhor os diversos tipos de pacientes que venham a confiar em seus cuidados, e diante dos quais há que saber modular sua conduta para maior adequação e eficácia de sua assistência e tratamento.
Ainda por psicologia médica, pode-se dizer que é uma disciplina que visa proporcionar ao médico e profissionais de saúde informações e conhecimentos suficientes para que ele possa compreender o doenteenquanto pessoa humana portadora de uma doença, facilitando a aplicação dos conhecimentos médico-científicos. E assim, visa a formação do próprio profissional de saúde por meio do conhecimento do desenvolvimento psicológico considerando as implicações pessoais e sociais de sua atuação. Mais ainda, os estudos e o desenvolvimento de técnicas e atitudes dirigidas para o momento em que dois seres seencontram, estabelecendo a relação médico-paciente. Portanto o campo de estudo da psicologia médica envolve a compreensão psicológica do doente enquanto ser humano, as implicações psicológicas do papel do médico e o mais importante, o relacionamento médico e paciente.
Vemos que para Perestrello, a psicologia médica é a psicologia da relação médico-paciente; é a psicologia da prática clínica, tendocomo principal objetivo de estudo, as relações humanas no contexto médico; compreensão do homem em sua totalidade, diálogo permanente entre a mente e o corpo, ou seja, a medicina da pessoa.
Para Mello Filho, a psicologia médica abrange o ensino ou a prática de todo tipo de fenômenos de saúde e de interações entre pessoas, como as relações profissionais-pacientes, as relações humanas dentro deuma família ou de uma instituição de saúde, a questão das doenças agudas ou crônicas, o papel das reações adaptativas ao adoecer, a invalidez, a morte, os recursos terapêuticos extraordinários.
A entrada da psicologia no currículo médico se deve, em primeiro
lugar, ao reconhecimento cada vez mais generalizado do excesso de
enfoque ao estudo das ciências voltadas às vertentes somatobiológicas
doser humano, o que acabou mutilando a imagem geral do homem.
Ao lado dessa questão, foi a mudança e reformulação do conceito
de saúde e doença pela Organização Mundial de Saúde. A noção
anterior definia saúde simplesmente como ausência de doença. Hígido
ou sadio era o indivíduo cujo organismo se encontrava íntegro do ponto
de vista da anatomia, fisiologia e histologia. O novo conceito de...
tracking img