Estudo de caso - nivel de participação ideal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2098 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DE CASO:
NÍVEL DE PARTICIPAÇÃO IDEAL

[pic]

Universidade Federal de Mato Grosso
Rondonópolis/MT
2011

ESTUDO DE CASO:
NÍVEL DE PARTICIPAÇÃO IDEAL

Trabalho desenvolvido no Curso de PósGraduação Lato Senso em Gestão em Saúde modalidade a distância – Módulo Básico da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT.

[pic]

Universidade Federal de Mato Grosso
Rondonópolis/MT
2011

INTRODUÇÃO

No processo de elaboração do Plano Municipal de Saúde – PMS 2011 – 2014, aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde, em 20 de março de 2011. Este Plano Municipal de Saúde(PMS), além de um instrumento de gestão e requisito legal, é um documento que sistematiza o conjunto de proposições políticas do governo municipal na área da saúde para o enfrentamento dos problemas e necessidades de saúde da população do município de Rondonópolis.
A Lei N. 8080/1990, atribui a direção nacional do SUS a responsabilidade de elaborar o Planejamento Estratégico Nacional noâmbito do SUS, em cooperação com os Estados, Municípios e o Distrito Federal. (Inciso XVIII do Art.16). O Plano Municipal de Saúde constitui importante instrumento de gestão, onde a partir de análise situacional apresentam intenções e os resultados a serem buscados no período de 04 anos, expressos em objetivos, diretrizes e metas.
Este Plano deve ser entendido como uma referência para atuaçãodo Gestor Municipal na medida em que indica problemas e prioridades de intervenção para melhorar a saúde do munícipio de Rondonópolis.
No município o Conselho Municipal de Saúde tem participado ativamente com contribuições significativas no aperfeiçoamento ao sistema municipal de saúde.
Desta forma, acreditamos que a construção do Plano, além de ser um processo de aprendizadoorganizacional, propicia reflexões, troca de conhecimento e experiência.

PLANO MUNICIPAL DE SAÚDE 2011-2014

O município de Rondonópolis é cortado pelas rodovias federais BR 364 e BR 163, as mais importantes vias de escoamento da produção e ligação do Mato Grosso e região norte com o sul do país. Esta localização estratégica faz com que Rondonópolis se consolide a cada ano,como Pólo Industrial do Centro-Oeste. Sua população em 2010 é estimada em 202.045 habitantes. Possui uma área de 4.165 km². Rondonópolis está a 210 quilômetros de distância da capital Cuiabá. A emancipação política acontece em 10 de dezembro de 1953.
Destacamos o Plano Municipal de Saúde, expressa as políticas e compromissos de saúde numa determinada esfera de gestão. É a base para aexecução, monitoramento, avaliação e gestão do sistema de saúde. Devesse levar em consideração os problemas de saúde da população do município e da Gestão do SUS, e instrumentos pactuados anteriomente, como Planos de Saúde, Demanda de Conferência, Termo de Compromisso de Gestão entre outros. Assim, o presente documento contempla propostas e resultados almejados para o período de quatro anos, os quaissão expressos em diretrizes, objetivos e metas. Acreditamos que a construção do Plano, além de ser um processo de aprendizado organizacional, propicia reflexões, e trocas de experiência.

Diretrizes Estratégicas:

I– Implementar a Atenção Básica
II – Média e Alta Complexidade
III – Vigilância em Saúde

I- Atenção Básica

Diretrizes: Expansão e efetivação da Atenção Básica desaúde, através das ferramentas da Estratégia de Saúde da Família e Equipes de Agentes Comunitários de Saúde. Ação/meta: Ampliar os ESF e adequar à estrutura física das unidades e adquirir equipamentos. Período: Permanente
Diretrizes: Incrementar a política de saúde da população baseando-se nas redes de atenção e linhas de cuidados. Ação: Capacitações para as equipes dos PSFs Período:...
tracking img