Protocolo cardiovascular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3228 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA

PROTOCOLO PARA ATENDIMENTO DE PARADA CARDÍACA
FIBRILAÇÃO VENTRICULAR / TAQUICARDIA VENTRICULAR SEM PULSO ASSISTOLIA / ATIVIDADE ELÉTRICA SEM PULSO VERSÃO 2007

RECOMENDAÇÕES
• O presente protocolo segue as modificações implantadas pela American Heart Association (AHA) em novembro de 2005 a respeito dascondutas de Advanced Cardiovascular Life Suport (ACLS): 2005 American Heart Association Guidelines for Cardiopulmonary Resuscitation and Emergency Cardiovascular Care. As modificações no tratamento da Parada Cardio-Respiratória foram idealizadas para minimizar as interrupções das compressões torácicas. Aplicação de ACLS eficaz começa com BLS (Basic Life Suport) de alta qualidade, principalmentecom realização de Reanimação Cardio-Pulmonar (RCP) de alta qualidade. Trate o paciente, não o monitor. Via aérea permeável, ventilação, oxigenação, compressões torácicas e desfibrilação são mais importantes do que a administração de medicamentos e são prioritárias sobre obter um acesso venoso ou injetar agentes farmacológicos. Via aérea permeável (ou definitiva, ou protegida - entubaçãoorotraqueal) pode não ser alta prioridade. Várias medicações (adrenalina, lidocaína e atropina) podem ser administradas via cânula endotraqueal, mas a dose deve ser de 2 a 2,5 vezes a dose endovenosa (EV). A administração de medicamentos EV ou IO (intra-ósseo) é preferível à via cânula endotraqueal. As medicações EV devem ser administradas rapidamente, em bolus. Após cada medicação IV, injetar um bolus de 20a 30 mL de SSI EV e elevar, imediatamente, a extremidade – isto irá apressar a chegada de drogas na circulação central (a qual pode levar 1 a 2 minutos).

• • • •

• • • • •

ATENDIMENTO CARDÍACO DE EMERGÊNCIA EM ADULTO 1. AVALIE A RESPONSIVIDADE Se não responsivo: CHAME O CARRINHO DE PARADA 2. PEÇA UM DESFIBRILADOR 3. AVALIE A RESPIRAÇÃO (abrir vias aéreas, ver, ouvir, sentir) Se opaciente não estiver respirando: FAÇA 2 VENTILAÇÕES LENTAS 4. AVALIE A CIRCULAÇÃO (palpar pulso carotídeo) Se pulso ausente: INICIAR REANIMAÇÃO CARDIO-PULMONAR (RPC) 5. Parada cardíaca assistida? SE SIM INSTALE O MONITOR/DESFIBRILADOR tão logo ele chegue Verificar o ritmo e seguir o protocolo apropriado conforme o ritmo SE NÃO Relizar 5 ciclos (ou 2 minutos) de REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR e somente apósesses 5 ciclos verificar o ritmo e seguir o protocolo apropriado conforme o ritmo Obs.: As compressões torácicas externas devem ser feitas a uma freqüência de 100 compressões por minutos numa razão de 30 compressões para 2 ventilações. Quando uma via aérea permeável for estabelecida, as compressões torácicas externas devem ser feitas ininterruptamente a uma freqüência de 100 compressões por minutose as ventilações a uma

freqüência de 8 a 10 ventilações por minuto. Observar que não se deve interromper as compressões torácicas para efetuar-se a ventilação. Dois ou mais socorristas devem fazer rodízio a cada 2 minutos entre o “compressor” no momento de checagem do ritmo. Esse rodízio tem como propósito a manutenção da qualidade das massagens torácicas externas.

Algoritmo para ReanimaçãoCardio-Pulmonar (RCP) na presença de Desfibrilador Externo Automático (DEA) ou Desfibrilador Convencional

Algoritmo Parada Cardíaca sem Pulso do ACLS

5

11

FIBRILAÇÃO VENTRICULAR / TAQUICARDIA VENTRICULAR SEM PULSO (FV/TV)
Essa taquiarritmia é responsável por 80-90% das paradas cardíacas não traumáticas em adultos. Na abordagem inicial de indivíduo em PCR deve-se proceder aReanimação Cardio-Pulmonar (RCP), fornecer oxigênio e monitorização cardíaca externa quando disponíveis. A RCP deve ser com interrupções mínimas nas compressões e desfibrilação tão logo seja possível. Em casos de PCR assistida com desfibrilador próximo, após duas ventilações de resgate iniciais deve-se checar o pulso em até dez segundos. Caso o pulso não seja palpado neste tempo, verificase o ritmo no...
tracking img